Dicas de exercícios e alimentação para viver uma vida saudável e sem neura

Saiba como baixar o colesterol sem o uso de medicação

As evidências científicas vêm mostrando que o exercício tem efeito similar e até superior aos medicamentos usados para baixar colesterol

atualizado 10/10/2022 17:33

Foto colorida de homem correndo Unsplash/Reprodução

Ao contrário do que muita gente imagina, o colesterol é uma gordura necessária para o bom desempenho de diversas funções do nosso corpo. Ele é essencial para o organismo, e está presente nas estruturas que compõem os tecidos. Além disso, é usado para produzir alguns hormônios, como a testosterona, o estrogênio e o cortisol, além da vitamina D e dos ácidos biliares, que ajudam na digestão da gordura.

A substância, porém, vira um problema quando está acima do limite.

A boa notícia é que, com exercício físico e bons hábitos de vida, é possível reduzir os níveis do colesterol ruim (LDL) e aumentar o bom (HDL).

As evidências científicas vêm mostrando que o exercício tem efeito similar e até superior aos medicamentos usados para baixar colesterol.

médico segurando coração de pelúcia

Um estudo publicado este ano analisou o efeito de combinações de medicamentos (polipílula) com os do exercício nas gorduras do sangue. A revisão incluiu 131 artigos, 15 sobre polipílulas e 116 sobre exercícios, totalizando mais de 24.000 pessoas.

Conclusões

Os resultados revelaram que tanto o exercício quanto as polipílulas reduziram o colesterol total e o LDL, mas apenas o exercício diminuiu os triglicerídeos e aumentou o HDL. É importante esclarecer que nem todo exercício foi igual e os melhores resultados eram apresentados para o treino intervalado. Ou seja, para quem precisa melhorar a gordura no sangue, fazer exercício é uma boa opção, especialmente o treino intervalado.

Pode acontecer de pessoas ativas apresentarem alterações no colesterol. Isso ocorre devido à influência de fatores genéticos. Mas se não fizessem exercícios, o colesterol estaria ainda pior e ainda haveria elevação de outros fatores de risco.

Mais lidas
Últimas notícias