Tudo o que rola no universo dos famosos e da televisão, sob o olhar atento de Leo Dias e equipe.

Veja a lista de quem saiu e quem ficou na Fox Sports após fusão com ESPN

Fontes afirmam que o canal segue até o início de 2022, mas vários contratos da equipe de jornalismo não foram renovados

atualizado 09/12/2020 18:35

Reprodução

Após a compra da Twenty-First Century Fox pela The Walt Disney Company no Brasil, muitos são os rumores de que a Fox Sports irá ser extinta. Porém, segundo fontes desta coluna, o canal segue normalmente até o início de 2022, como previa o acordo com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Com contratos da equipe de jornalismo vencendo em dezembro deste ano, alguns nomes foram solicitados para reuniões nas quais novos acordos seriam estabelecidos. Outros não tiveram seus contratos renovados. Veja a lista de quem fica e quem sai:

0

Entre os nomes que ficam: João Guilherme (narrador), Nivaldo Prieto (narrador), Osvaldo Pascoal (comentarista), Fábio Sormani (comentarista), Felippe Facincani (comentarista), Daniela Boaventura (apresentadora), Eduardo Elias (apresentador), Rodrigo Bueno (comentarista), Carlos Simon (comentarista), Eugênio Leal (comentarista), Hamilton Rodrigues (narrador), Edgard de Mello Filho (comentarista), Thiago Alves (comentarista), Gustavo Berton (repórter), Vinicius Nicoletti (repórter), Felipe Motta (apresentador) Mauro Naves e Abel Neto.

Entre os nomes que não tiveram seus contratos renovados: Benjamin Back (apresentador), Edmundo (comentarista), Fernando Caetano (repórter), Álvaro Loureiro (repórter), Flávio Amendola (repórter), André Cavalcante (repórter), Rodrigo Cascino (comentarista), Jackson Pinheiro (repórter), Diego Bertozzi (repórter), Gudryan Neufert (repórter), Flávio Gomes (comentarista), Livia Nepomuceno (apresentadora), José Ilan (apresentador), Paulo Lima (comentarista), Marco de Vargas (narrador), Luis Carlos Quartarollo (comentarista).

Reestruturação

Ainda de acordo com fontes da coluna, o ex-jogador e comentarista Edmundo não chegou a um acordo com a emissora; ambos decidiram não seguir com a renovação. Nos bastidores, a informação que circula é que as mudanças fazem parte de um processo de reestruturação dos canais esportivos da Disney no Brasil, ESPN e Fox Sports. Sendo que o novo canal do grupo, Fox Sports, passou a transmitir já neste ano os campeonatos Inglês, Espanhol, Português, além da NFL, liga de futebol americano. Fox Sports segue com os direitos da Libertadores, Copa do Nordeste e Moto GP.

Além disso, a Fox Sports herdou vários direitos da ESPN. Por vários meses, ESPN e Fox Sports, juntos, foram líderes de audiência no segmento esportivo da TV paga, algo que não acontecia. SporTV sempre foi líder da categoria com folga e, com a fusão, os dois canais passaram a liderar a audiência na maioria dos meses, afirmam fontes.

Procurada, a assessoria de imprensa do conglomerado enviou uma nota oficial a coluna:

Nosso pilar de esportes está passando por um processo de transformação para oferecer um conteúdo ainda mais variado e qualificado para a audiência do Brasil. A reformulação faz parte do planejamento da Companhia que seguirá investindo em sua programação esportiva, contando com um extenso portfólio de direitos, além de uma equipe de jornalismo referência junto aos fãs de esportes.

Últimas notícias
Mais lidas