Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Paulo Cappelli

Deputado aciona Ministério Público do Trabalho contra o Flamengo

O roupeiro Cleber Reis foi demitido nesta segunda-feira (4/7) após ter sua candidatura a deputado estadual confirmada pelo PP

atualizado 06/07/2022 21:23

Reprodução

O deputado Felício Laterça, do PP do Rio de Janeiro, acionou o Ministério Público do Trabalho do estado contra o Flamengo, depois que o clube demitiu um funcionário que é pré-candidato a deputado estadual.

O roupeiro Cleber Reis foi demitido nesta segunda-feira (4/7) após ter sua candidatura confirmada pelo PP. Com 20 anos de clube, Clebinho, como era chamado, foi obrigado por dirigentes a escolher a carreira pública ou o time.

No documento ao MPT-RJ, Laterça alegou que o episódio envolve “interesses políticos e assédio moral”. O parlamentar argumentou que o acúmulo de cargos públicos e funções dentro do clube já acontece no Flamengo. O vice-presidente de Futebol, Marcos Braz, é vereador na Câmara Municipal do Rio. O presidente do clube, Rodolfo Landim, quase se tornou conselheiro da Petrobras neste ano.

Em maio, o Flamengo rejeitou aprovar uma norma que proibiria que funcionários e dirigentes se candidatassem a cargos políticos.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna