Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Fora de controle! Meghan usa título de duquesa e causa fúria nos EUA

Pegou mal Meghan Markle ter assinado o texto como duquesa de Sussex. Usuários do Twitter criticaram a ex-atriz de Hollywood

atualizado 21/10/2021 11:23

Meghan MarkleSamir Hussein/Getty Images

Em março de 2020, Meghan Markle e o príncipe Harry renunciaram aos cargos seniores na realeza britânica. Apesar de romper oficialmente com a Coroa, o casal não desapegou do status real. Conforme publicou o tabloide Express, a ex-atriz de Hollywood escreveu uma carta aos integrantes da Câmara e do Senado dos Estados Unidos nessa quarta-feira (20/10). Entretanto, o que pegou mal foi ela ter assinado o texto como duquesa de Sussex e usado um papel timbrado de Sussex.

Na carta, Meghan pediu que pais recebam uma licença remunerada do governo norte-americano. Vale lembrar que os membros da realeza ficam neutros em assuntos políticos do Reino Unido. As personalidades da família real nem sequer votam nas eleições. Ela enviou a nota para a presidente da Câmara, Nancy Pelosi, e ao líder da maioria no Senado, Chuck Schumer. No recado, a ex-atriz defendeu a causa do auxílio parental remunerado.

0

“Caro Líder e Presidente Schumer Pelosi, não sou funcionário eleito ou político. Eu sou, como muitos, uma cidadã comprometida e uma mãe”, escreveu Meghan no início do recado. Ela continuou: “É porque você e seus colegas no Congresso têm um papel na definição dos resultados da família para as gerações futuras, é por isso que estou escrevendo para você neste momento muito importante, como mãe, para defender as férias remuneradas”. Ao fim, a mãe de Archie e Lilibet Diana assinou a carta como duquesa de Sussex.

Ter colocado o status da Coroa britânica na nota causou um rebuliço nas redes sociais. Alguns usuários do Twitter detonaram Meghan por ela já ter abdicado do posto real e, também, pelo fato de ela tentar interferir na política norte-americana com a denominação da realeza britânica.

Meghan Markle e príncipe Harry
Foto do casal ao lado da governadora e do prefeito de Nova York. A mulher e filho de Bill de Blaisio também surgem no clique

Detentor do perfil @peterallenparis criticou o movimento da ex-atriz e fez referência à independência norte-americana. “É a primeira vez que um título inglês é usado para fazer lobby político em uma República que conquistou a independência da Coroa por meio de uma revolução violenta em 1776. A franquia americana da realeza britânica está claramente fora de controle. É hora de os diplomatas de ambos os países intervirem”, tuitou. Já @floridaflaming3 seguiu o mesmo ponto de vista e publicou na rede social: “Isso deve ser resolvido, a realeza britânica não pode intervir em nosso governo”.

Com a renúncia da realeza, Meghan e Harry mantiveram o statu de duques de Sussex, mas concordaram em parar de usar o título. Nas negociações da saída da Coroa britânica, a rainha Elizabeth proibiu-os de usar a marca Sussex Royal. Não é a primeira vez que a ex-atriz de Hollywood aplica a denominação. Ela lançou um livro infantil e colocou o termo na capa. A atitude causou alvoroço nas redes sociais e na família real.

The Bench
Capa do livro escrito por Meghan

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Mais lidas
Últimas notícias