Secretaria da Cultura retira vídeo polêmico após queda de Alvim

Sem citar nominalmente, o ex-secretário especial da Cultura parafraseou discurso de ministro nazista

ReproduçãoReprodução

atualizado 17/01/2020 14:19

Após a polêmica estourar e levar à demissão de Roberto Alvim, a Secretaria Especial da Cultura apagou o vídeo em que o agora ex-secretário parafraseia o ministro da Propaganda de Adolf Hitler, Joseph Goebbels.

O vídeo foi publicado em uma rede social na tarde dessa quinta-feira (16/01/2020). Às 13h30 desta sexta-feira (17/01/2020), não estava mais no ar.

No vídeo, Alvim lançou, pela Secretaria Especial da Cultura, o Prêmio Nacional das Artes. A proposta vai destinar mais de R$ 20 milhões para “fomentar a produção artística”.

Na fala, o ex-secretário de Cultura citou trechos de discurso do ministro nazista. Mais tarde, pediu desculpas e disse que não sabia a origem das frases.

Bolsonaro exonerou o secretário no início da tarde desta sexta-feira. Em nota, o mandatário repudiou o discurso de Alvim e pediu desculpas à comunidade judaica.

Assista ao vídeo:

Últimas notícias