Bruno Covas fala em frente ampla em SP e “não nega” apoio de Russomanno

Sobre Celso Russomanno (Republicanos), prefeito diz que "apoio não se nega", desde que dentro do campo democrático

atualizado 16/11/2020 0:32

Bruno covas eleicoes sao paulo sp prefeito 2020Fábio Vieira/Especial Metrópoles

São Paulo – O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), disse na noite deste domingo (15/11) que buscará apoio para formar uma frente ampla para disputar o segundo turno das eleições contra Guilherme Boulos (PSol).

“Vamos buscar todos os apoios para construir uma frente ampla na cidade de São Paulo”, discursou o prefeito, ressaltando que o momento requer união.

0

Ao ser questionado sobre quem procuraria, Covas disse que buscará todos os apoios possíveis para vencer o segundo turno. Segundo o prefeito, na segunda-feira (16/11), às 8h, haverá uma reunião para definir a estratégia.

Sobre a possibilidade de aceitar o apoio de Celso Russomanno (Republicanos), Covas disse que “apoio não se nega”.

“Nós vamos aceitar qualquer apoio, claro, dentro do campo democrático”, afirmou.

Mais cedo, Russomanno admitiu sua derrota, parabenizou Covas e Boulos e disse que a decisão sobre anunciar ou não apoio a algum dos candidatos será de seu partido e será tomada nesta segunda.

 

Últimas notícias