Covas: “A esperança derrotou os radicais no 1º turno e derrotará no 2º”

Prefeito de São Paulo não citou nome do provável adversário no 2º turno, Guilherme Boulos (PSol), mas sinalizou o tom que adotará

atualizado 15/11/2020 23:43

Bruno CovasRafaela Felicciano/Metrópoles

São Paulo – O prefeito de São Paulo Bruno Covas (PSDB) discursou na noite deste domingo avaliando o resultados parcial das eleições. A expectativa é de que ele enfrente Guilherme Boulos, do PSol.

“A esperança venceu os radicais no primeiro turno e a esperança vai vencer os radicais no segundo turno”, afirmou, no diretório estadual do PSDB, na rua Estados Unidos, no Jardim Paulista.

Questionado se se referia a Boulos, Covas disse que radicalismo é desrespeito à lei, à ordem e à democracia, evitando a associação com o adversário, mas sinalizando o tom que deverá adotar no segundo turno.

Covas também disse que o presidente Jair Bolsonaro foi um grandes perdedores da eleição. “O grande erro foi ter tentado se intrometer na campanha, a população refutou. Não tenho dúvidas de que ele é um grandes perdedores dessa eleição.”

Últimas notícias