Bolsonaro sobre denúncia contra Glenn: “Não confiam na Justiça?”

Cofundador e colunista do Intercept Brasil foi denunciado nesta terça-feira (21/01/2020) pelo Ministério Público Federal

Michael Melo/Metrópoles

atualizado 21/01/2020 16:29

Ao ser questionado sobre o fato de a denúncia feita pelo Ministério Público Federal (MPF) contra Glenn Greenwald, cofundador e colunista do Intercept Brasil, significar um ataque aos valores democráticos, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) respondeu com ironia, dizendo que quem o denunciou foi a Justiça.

“Vocês não confiam na Justiça?”, perguntou. Ao ser corrigido por um jornalista, que informou que a denúncia partiu do Ministério Público Federal, o presidente continuou: “É MP, MP”.

Mais cedo, Bolsonaro questionou a permanência de Greenwald no Brasil. “Não devia nem estar… Onde está esse cara? Está no Brasil?”, perguntou. Esta não é a primeira vez que o presidente contesta o fato de o norte-americano viver no país.

O jornalista é casado com o deputado David Miranda (PSol-RJ), com quem tem dois filhos, e foi responsável pela publicação de uma série de reportagens conhecida como Vaza Jato.

Últimas notícias