Bolsa Família faz último pagamento nesta sexta-feira

Benefício é pago há 18 anos e será subtituído pelo Auxílio Brasil, programa com futuro ainda incerto

atualizado 29/10/2021 9:24

Bolsa FamiliaRafaela Felicciano/Metrópoles

A última parcela do Bolsa Família será paga nesta sexta-feira (29/10). O programa, criado há 18 anos, foi extinto pela Medida Provisória nº 1.061, que cria o Auxílio Brasil. O pagamento do novo benefício, no entanto, não é certo. Apesar das indefinições sobre os recursos que custearão o Auxílio Brasil, o subsídio deverá começar a ser pago a 14,6 milhões de famílias em 17 de novembro.

Caso o Congresso deixe caducar ou altere a MP, o Bolsa Família pode voltar. No total, foram 14,84 milhões beneficiários em outubro, segundo o Ministério da Cidadania. Se o Auxílio Brasil passar pelo Congresso, o primeiro pagamento será em novembro.

O programa prevê pagamento de R$ 90 para crianças até 3 anos. Além disso, gestantes e jovens entre 18 e 21 anos que estão cursando a educação básica receberão R$ 45. Os valores vão compor parte da aplicação-base do auxílio, que terá, segundo previsão do governo federal, tíquete mínimo R$ 400. Para novembro, entretanto, o pagamento terá um reajuste de apenas 20% no valor pago no Bolsa Família.

0

Segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), o antigo programa retirou 3,4 milhões de pessoas da pobreza extrema e 3,2 milhões da pobreza, entre 2003 e 2017.

O estudo do instituto também mostrou que o Bolsa Família teve um impacto positivo na economia do Brasil: cada real investido no programa gera R$ 1,80 no PIB.

Porém, uma das principais críticas ao programa é a defasagem no valor. Desde 2017 não há reajuste. Já o reajuste prometido pelo governo no Auxílio Brasil também não é certo, pois estoura o teto de gastos e não tem uma garantia de recursos para além de 2022.

Mais lidas
Últimas notícias