PP de Lira e PL de Costa Neto brigam por Bolsonaro, que teme traição

Os tormentos de um presidente sem partido

atualizado 27/10/2021 9:17

Reprodução/Facebook de Jair Messias Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro desconfia de que o PP de Arthur Lira (AL), presidente da Câmara, e de Ciro Nogueira (PI), chefe da Casa Civil, e o PL de Valdemar Costa Neto podem estar tentando fazê-lo de bobo. E tem motivos para pensar assim.

O PP diz que aceitará a filiação de Bolsonaro se algumas de suas seções no Nordeste forem liberadas para apoiar no ano que vem a candidatura de Lula a presidente. O PL promete apoiar Bolsonaro desde que ele não se filie ao PP.

Ora, PP e PL são partidos do Centrão, donos de ministérios e de cargos importantes em diversos escalões do governo. Bolsonaro só pode filiar-se a um partido, embora possa ser apoiado por quantos queiram. Por que PP e PL não se entendem a respeito?

O busílis: tanto o PP de Lira e de Nogueira, quanto o PL de Costa Neto no passado apoiaram Lula e Dilma e não teriam dificuldade em apoiar Lula outra vez. Bolsonaro tem medo de acabar traído por um deles ou os dois. Daí a demora em decidir-se.