Blog com notícias, comentários, charges e enquetes sobre o que acontece na política brasileira. Por Ricardo Noblat e equipe

18 anos Blog do Noblat

Lideranças indígenas do GT não aceitam secretaria proposta por Lula

Joenia Wapichana e Sônia Guajajara cobram promessa do petista de criar Ministério dos Povos Originários; rechaçam secretaria

atualizado 09/12/2022 6:06

Lula com Sônia Guajajara Ricardo Stuckert - Divulgação

As principais lideranças indígenas que integram o grupo de transição do futuro governo rechaçam a ideia anunciada por Lula de, em vez de um ministério, criar uma secretaria especial de atenção a esses povos.

O petista chegou a anunciar, durante a campanha, a criação do Ministério dos Povos Indígenas, na frente dessas lideranças. Agora, fala em criar uma secretaria vinculada ao Palácio do Planalto.

“A base do meu ministério será a base dos ministérios que eu tinha no meu segundo mandato, com uma coisa acrescida, que é o Ministério dos Povos Originários, que eu não sei se vai ser de cara um ministério ou uma secretaria especial ligada à Presidência da República. Nós ainda vamos discutir, eu vou conversar com diversos companheiros, com as comunidades indígenas, porque eu acho que a gente precisa dar um sinal de respeito à população indígena neste país” – disse Lula dias atrás.

A deputada Joenia Wapichana (Rede-RR), que integra a transição, afirmou que não dá para aceitar a não criação do ministério.

“Foi promessa de campanha de Lula no acampamento dos indígenas, aqui em Brasília” – disse Wapichana.

Em entrevista à Míriam Leitão, na GloboNews, a deputada eleita Sônia Guajajara (PSol-SP) foi na mesma linha. Cobrou do eleito que cumpra a promessa da criação da pasta. Ela é cotada para ocupar o ministério, se de fato sair do papel.

Últimas do Blog