Príncipe Philip desaprovou entrevista de Harry e Meghan: “Loucura”

Segundo biógrafo, os detalhes familiares expostos pelo casal de Sussex foram motivo de preocupação para o avô, que estava hospitalizado

atualizado 12/04/2021 18:08

Duque de Edimburgo, príncipe PhilipSamir Hussein/ Samir Hussein/WireImage

Assim como toda a família real britânica, o príncipe Philip considerou a entrevista que o príncipe Harry e Meghan Markle concederam à Oprah “uma loucura” e que “nada de bom viria disso”. O marido da rainha Elizabeth II também lamentou a decisão do neto sobre deixar os deveres reais e se mudar para os Estados Unidos, por considerar que essa “não era a coisa certa, nem para o país nem para eles”.

O responsável por compartilhar a visão do duque de Edimburgo sobre as decisões do casal de Sussex foi o biógrafo Gyles Brandreth. Ele conhecia Philip há mais de 40 anos e considerava o consorte reinante mais antigo da monarquia, que morreu aos 99 anos na última sexta-feira (9/4), como um amigo.

Em entrevista ao Daily Mail, o estudioso da família real explicou que, embora o marido da rainha não tenha gostado da decisão do casal sobre deixar o Reino Unido, ele simpatizou com a desconfiança de Harry em relação à mídia e apoiou seu desejo de trilhar o próprio caminho. “Ele me disse: as pessoas precisam levar suas vidas como acharem melhor”, contou.

Incômodo com a exposição

De acordo com o biógrafo, o bate-papo televisivo foi motivo de inquietação para o duque de Edimburgo, não pela veiculação do programa enquanto ele estava hospitalizado, e sim pela preocupação do casal com seus próprios problemas e a disposição de falar sobre eles em público.

“Dê entrevistas na TV sempre que puder, mas não fale sobre você. Essa era uma de suas regras. Eu sei que ele compartilhou isso com seus filhos. Imagino que também o compartilhou com os netos”, pontuou Brandreth.

O duque de Sussex parecia ter um relacionamento próximo com seu avô ao longo dos anos. Harry disse ao apresentador do The Late Late Show, James Corden, que manteve contato on-line com Philip e a rainha depois de ter se mudado para a Califórnia, no ano passado.

0

Harry, que voltou ao Reino Unido especialmente para acompanhar o funeral de Philip, marcado para o próximo sábado (17/4), divulgou um comunicado em homenagem ao avô nesta segunda-feira (12/4).

“Ele tem sido uma rocha para sua majestade a rainha com uma devoção incomparável, ao lado dela por 73 anos de casamento, e embora eu pudesse continuar, sei que agora ele diria a todos nós, com a cerveja na mão: vá em frente!”, escreveu o filho mais novo de Charles e Diana.

Motivo de estresse

Brian Kilmeade, apresentador do programa matinal Fox & Friends, defendeu que a entrevista dada por Harry e Meghan para a apresentadora Oprah Winfrey, no mês passado, teria sido decisiva para o estado de saúde de Philip, e deixado o integrante da realeza bastante abalado.

“Há relatos de que ele ficou furioso após a entrevista com Oprah Winfrey, além das consequências que esse acontecimento trouxe. Philip tentou se recuperar, mas foi atingido em cheio por isso”, alegou.

Últimas notícias