Harry diz que pai, Charles, não o apoiou após morte da princesa Diana

Revelações do duque de Sussex fazem parte de série documental sobre saúde mental que estreou na última semana

atualizado 24/05/2021 18:11

Charles e HarryGetty Images

Em mais uma entrevista bombástica à Oprah Winfrey, o príncipe Harry contou que o pai, príncipe Charles, não o apoiou como deveria após a morte da mãe, princesa Diana. As declarações fazem parte da série documental sobre saúde mental That Me You Can’t See (O eu que você não pode ver, em tradução livre), que estreou na última sexta-feira (21/5), na Apple TV +. A obra cinematográfica foi coproduzida pelo duque e a apresentadora.

Em um dos episódios da série, o neto da rainha Elizabeth II afirmou, segundo o site The Sun, que o pai, Charles, subestimou o luto e os problemas de saúde mental dele e do irmão, após a morte precoce de Lady Di, em 1997.

“Meu pai costumava dizer, quando eu era mais jovem, para William e eu: ‘Bem, foi assim para mim, então vai ser assim para vocês'”, contou Harry à Oprah.

“Isso não faz sentido. Só porque você sofreu, isso não significa que seus filhos tenham que sofrer. Na verdade, muito pelo contrário”, acrescentou.

0

De acordo com o duque de Sussex, não é correto perpetuar um ciclo de dor e sofrimento, e que cabe a cada um fazer o possível para que quaisquer experiências pessoais negativas não sejam também prejudiciais aos filhos.

Outras acusações

Não é a primeira vez que príncipe Harry deixa a família em maus lençóis durante uma entrevista à Oprah. Em março deste ano, ele e a esposa, Meghan Markle, voltaram todos os holofotes para os bastidores da realeza britânica depois de acusarem a família real de racismo e abandono.

Últimas notícias