Tome nota: 9 técnicas naturais para controlar a ansiedade e o estresse

Confira opções saudáveis para aliviar os sintomas psicológicos

atualizado 11/06/2021 19:57

iStock

O instinto natural do corpo humano no caso de uma situação adversa é preparar a própria defesa diante de uma possível ameaça. Mas, quando esses sintomas surgem de forma exacerbada, os sinais físicos e psicológicos desencadeiam sentimentos intensos, como angústia, dificuldade de se concentrar, preocupação severa e, principalmente, dificuldade de se acalmar.

Para efetivamente controlar sua ansiedade, é importante – além de procurar ajuda especializada -, se comprometer a fazer mudanças no estilo de vida. O alívio pode vir de atitudes cotidianas e simples, que você nem imagina que podem fazer tamanha diferença. É o que explica a psicóloga clínica e professora da Universidade da Califórnia, Jennifer L. Taitz.

“Se você está aberto a sair da sua zona de conforto e agir de forma ativa, embora não seja como se sente, pode ficar surpreso com tanta melhora e se arrepender de não ter procurado ajuda antes”, garantiu a expert ao portal Insider.

Para quem está em acompanhamento e gostaria de encontrar maneiras naturais de controlar os ânimos, psicólogos ensinam nove dicas essenciais. Confira!

Exercicio-casa

Pratique atividades físicas

Os exercícios podem ser muito eficazes no alívio dos sintomas de ansiedade e na melhora do humor. Mas, acredite: não é necessário passar horas na academia. É comprovado cientificamente que exercícios curtos e simples, como uma caminhada de 20 minutos, já têm um impacto significativo em reduzir o estresse.

Durma bem

Faça de tudo para quebrar o círculo vicioso: a ansiedade pode dificultar o sono, e não estar bem descansado pode contribuir para aumentar o quadro. Para ajudar na tarefa, algumas práticas como seguir uma rotina correta – dormir e acordar praticamente no mesmo horário todos os dias – são essenciais.

O sono inadequado aumenta a produção de hormônios do estresse que podem exacerbar a ansiedade. Portanto, em geral, a recomendação dos especialistas é manter pelo menos sete a nove horas de sono diariamente.

Meditação e mindfullness

Pode acreditar, elas funcionam. Esse tipo de técnica contribui para acalmar os sentimentos de ansiedade e não deixar que os sintomas dificultem a realização das tarefas diárias. Se você ainda não tem prática, pode investir em algum aplicativo de meditação guiada.

Mulher meditando

Pratique o biofeedback

Esse é o nome dado ao processo de monitorar as reações físicas do seu corpo à ansiedade para ter mais controle e conseguir regulá-las. Por exemplo, você pode notar que seu coração está acelerado quando você se sente ansioso. Em seguida, monitore sua frequência cardíaca enquanto respira fundo e observe como seu coração diminui durante a técnica de relaxamento.

Conhecer mais o seu corpo contribui para regular a respiração, reduzir a tensão muscular e aumentar a variabilidade da frequência cardíaca, todos sintomas ligados à diminuição dos níveis de ansiedade.

Alimente-se de forma saudável

Fique de olho no que você coloca no prato. Uma dieta rica em gordura, açúcar e carboidratos refinados pode aumentar o risco de ansiedade em 25%. Por outro lado, faz bem investir em frutas, vegetais e legumes, e evitar lanches açucarados.

O álcool também é inimigo dos ansiosos. Muitas pessoas com ansiedade obtêm alívio temporário dos sintomas quando bebem, mas experimentam um aumento dos sintomas quando param.

Isso leva algumas pessoas com ansiedade a beber ainda mais. Por isso, o transtorno de ansiedade social está intimamente ligado ao alcoolismo.

Reduza a cafeína

A cafeína eleva a frequência cardíaca e a pressão arterial, o que pode fazer com que você se sinta mais alerta e concentrado. No entanto, se você sentir ansiedade, esses mesmos efeitos colaterais que o acordam também podem disparar sinais de alarme em seu corpo que podem elevar sua ansiedade.

Respire profundamente

A prática de inspirar e expirar está associada à sensação de calma e redução da ansiedade. Respirar de maneira lenta, profunda e controlada ajuda o corpo a relaxar, o que é fundamental para combater a tensão física que surge em resposta ao transtorno.

A respiração lenta e profunda ativa o sistema nervoso parassimpático do corpo , que é responsável pelo relaxamento e pela calma.

Experimente yoga

A prática milenar combina duas ferramentas importantes para eliminar a ansiedade: exercícios físicos e exercícios de respiração que levam ao relaxamento.

Ambos são independentemente ligados a reduções nos níveis de ansiedade; e juntos, eles são ainda mais poderosos. A ioga desafia os participantes a se exercitarem, ao mesmo tempo que retarda a respiração, o que pode ativar o sistema nervoso parassimpático.

mulheres praticando yoga
Exercícios de yoga são ótimos para restabelecer a capacidade respiratória
Saia de casa

Passar tempo ao ar livre pode te ajudar em diversos aspectos. Além de fazer seu corpo se mover, estar do lado de fora pode acalmar sua mente, mas conectando você no nível espiritual ou emocional.

0

Últimas notícias