Sente que o tempo está voando? Veja 10 dicas para desacelerar

A correria do dia a dia pode gerar ansiedade e afetar a qualidade de vida. Aprenda o que fazer para ficar imune aos efeitos dessa agitação

Getty ImagesGetty Images

atualizado 18/07/2019 12:45

Quinta-feira, 18 de julho de 2019. Está boquiaberto que mais da metade do ano passou? Sente que datas comemorativas, como Natal e Revéillon, se aproximam cada vez mais rapidamente? Se espanta em ver os sobrinhos, tão mais jovens que você, entrando na puberdade? Talvez você precise reavaliar um aspecto da vida: a percepção do tempo.

A grande responsável por essa sensação de que os meses estão passando depressa demais tem nome: rotina. De acordo com estudos de psicologia, o que fica gravado na memória das pessoas de maneira especial são as primeiras experiências de alguma situação, aqueles momentos marcantes e inusitados que parecem congelar o ponteiro do relógio.

Logo, a rotina faz o tempo voar. Quando tem uma repetição de experiências, não há motivo para armazenar de forma detalhada as lembranças, e tudo acaba passando meio despercebido. A mesma lógica explica o motivo pelo qual a infância, fase em que o mundo inteiro é pura novidade, passa tão vagarosamente.

O Metrópoles selecionou 10 dicas infalíveis para te ajudar a reajustar a percepção do seu tempo. Confira, anote e ponha em prática já:

Saia do piloto automático
Muitas pessoas têm o hábito de realizar atividades cotidianas sem prestar a mínima atenção ao que estão fazendo. É como se ligassem o piloto automático. O conselho, portanto, é se conectar com o presente. Quando estiver dirigindo para o trabalho, por exemplo, desacelere. Repare nas paisagens do caminho, escute uma música que te deixa feliz e aproveite o trajeto.

Estabeleça metas reais
Você pode (e deve!) dar o melhor de si, mas não vai conseguir abraçar o mundo. Por isso, entenda os seus limites e estabeleça metas reais. De preferência, trace objetivos mensais, e não anuais. Assim, é possível ter mais controle do tempo e avaliar melhor a sua evolução pessoal.

Movimente-se
Pesquisadores da Southern Methodist University, nos Estados Unidos, descobriram que pessoas com um quadro clínico de ansiedade (doença agravada pela correria do dia a dia) podem ter os sintomas reduzidos ao praticar exercícios físicos.

As atividades também podem dar aquele empurrãozinho para a realização de tarefas diárias. Um recente  estudo da Universidade de Cardiff, no Reino Unido, garante que praticantes de exercícios vigorosos têm níveis mais elevados de autoconfiança e disposição.

Inove no emprego
O trabalho consome muitas horas do dia. Por isso, merece atenção. Mesmo que seja desafiador, saia da zona de conforto. Adotar uma postura inovadora pode criar situações gratificantes e estimular a autossatisfação no ambiente profissional.

Seja positivo
Foque em pensamentos que te mantenham estimulado e espere o melhor do futuro. Aposte, ainda, na espontaneidade. Nada como atitudes inesperadas para quebrar a rotina.

Desconecte-se
Permita-se desconectar do mundo virtual. Se você leva o smartphone de um lado para o outro, coloque-o no modo noturno ou desative as notificações. Curta o intervalo offline para conversar com as pessoas ao seu redor, cara a cara. 

Aprecie a natureza
Admirar a vegetação e respirar ar puro é de graça e traz diversos benefícios à saúde. Uma pesquisa realizada no Japão, por exemplo, mostrou que estudantes que dormiram em uma floresta por duas noites ficaram com menores níveis de substâncias ligadas ao estresse em relação ao grupo que dormiu na cidade.

Outro estudo, com trabalhadores na Coreia do Sul, concluiu que funcionários que tinham janelas com vista para a mata eram mais satisfeitos e menos ansiosos. Conclusão? Dê uma voltinha pelo jardim sempre que for possível.

Faça o que te faz bem
Não deixe que seus dias se resumam a trabalho. Descubra um hobby e reserve uns minutinhos do dia para ele. Também é fundamental usar o tempo livre para cuidar de si e explorar o autoconhecimento.

Respire fundo
A coach Mari Ferola diz que técnicas de mindfulness, como a meditação, são boas aliadas na hora de desacelerar. “Pratique a técnica dos três minutos. Fique em uma posição confortável e procure um lugar silencioso e sem distrações. Então, concentre-se na sua respiração e nos movimentos do seu corpo (tórax e abdômen). O método rápido e prático é ótimo para melhorar o foco, a produtividade e o autocontrole”, indica a profissional.

Experimente coisas novas
Nada melhor do que sair  da rotina experimentando novas atividades. Que tal jantar em um restaurante diferente ou viajar para um destino desconhecido? Saia do óbvio e se surpreenda.

Últimas notícias