Especialistas contam formas simples para dar um “up” na imunidade

Beber mais água, implementar certos alimentos e dormir com qualidade são algumas dicas

atualizado 24/10/2018 16:55

iStock

Foi dada a largada para mais uma época de clima “maluco” em Brasília. Com dias que começam frios, ficam quentes e terminam em tempestades, é difícil acompanhar e deixar a saúde em dia. Mas, adotando hábitos simples, é possível reforçar a imunidade e se prevenir de gripes e resfriados.

“Quando o sistema imunológico não vai bem, nada vai bem”, explica Paola Santos, médica da Aliança Instituto de Oncologia. Existem outros dois fatores também capazes de influenciar na susceptibilidade de doenças: as emoções e a mudança de clima. Segundo Paola, o estresse e sentimentos ruins, como tristeza, quebram o sistema imunológico.

Além disso, a alimentação e a prática de atividade física também desempenham um papel no bem-estar. Confira as dicas de Paola e da gerente de nutrição no Mundo Verde, Flávia Morais, para dar um “up” no sistema imunológico:

Alimentação

 

“Cuidar da alimentação, beber mais água e usar suplementos alimentares pode ajudar a melhorar a resposta do sistema imunológico”, indica Flávia. Ela recomenda adicionar na dieta laranja, limão caju, goiaba ou morango pelo alto nível de vitamina C.

Alimentos antioxidantes, como couve, cenoura, tomate e chá verde também são bem-vindos. Para a gerente de nutrição, outros ingredientes que não podem faltar no dia a dia são: mel e própolis, pois possuem ação antisséptica, e gengibre para ajudar a diminuir inflamações.

“Às vezes podemos até estar ingerindo uma comida saudável, mas isso não quer dizer que estamos fazendo a refeição de forma positiva. Precisamos comer com calma, sentar e mastigar bem, tudo isso influencia”, fala.

Shots

 

Já provou um shot saudável? A moda começou em 2017 e é uma forma de garantir o consumo de ingredientes saudáveis de uma vez só. “Eles são muito legais, porque são cheios de vitaminas e minerais que você não adquiriria em uma salada, por exemplo. É uma facilidade na correria da rotina”, diz Paola. Flávia recomenda o shot com limão, própolis e cúrcuma.

Sono

 

Dormir bem não é positivo só para a saúde mental, mas fundamental também para a física e para o sistema imunológico. “Um sono bem consolidado e regular é muito importante. Dormir por muitas horas não é sinal de qualidade”, avisa Paola.

A médica ainda chama atenção para o mau hábito de adormecer usando o celular. “Nosso cérebro não vê aquilo como a gente se preparando para dormir. Um sono assim não vai ser reparador, precisamos de um ambiente arejado, escuro e bem arrumado”, recomenda.

Corpo e mente

 

As duas especialistas reforçam a necessidade da prática de exercícios físicos para um sistema imunológico forte. “Traz qualidade de vida, ajuda a liberar hormônios e mantém o corpo saudável”, comenta Paola.

Além do corpo, é preciso cuidar da mente. A médica indica estar ciente das emoções e não deixar pequenas chateações do dia se tornarem grandes sentimentos de raiva ou tristeza. “Precisamos relaxar mais para o estresse não tomar conta”, diz.

Com o corpo e a mente sob controle, as vitaminas D e B e probióticos também podem ser bons extras nos cuidados com o sistema imunológico.

Últimas notícias