Menos colágeno e mais rugas? Veja como cuidar da pele durante a menopausa

Queda nas taxas hormonais causam impacto direto na cútis. Algumas medidas ajudam a minimizar o problema

atualizado 03/11/2020 11:09

Reprodução/Instagram/@become_tm

Ondas de calor, sudorese noturna e menstruações irregulares são os primeiros indícios de que um dos momentos mais emblemáticos na vida de uma mulher está prestes a chegar: a menopausa. Ao longo desse período, que geralmente começa após os 50 anos, há queda na produção de estrogênio. Com isso, além da alteração de humor e do fim do ciclo menstrual, a pele também é diretamente afetada.

O hormônio tem, entre outras funções, manter saudáveis as células da cútis. Por isso, é normal sentir que a pele já não está tão firme e hidratada como antes. “Ela acaba ficando fina e desenvolvendo mais rugas”, explicou o dermatologista Ronald Moy, em entrevista à revista Allure. Segundo o profissional, também são comuns reclamações como olheiras, acne e rosácea.

0

À medida que nosso colágeno se esgota, nossos poros parecem maiores”, complementou a dermatologista Jeannette Graf, à mesma publicação.

Confira algumas maneiras de minimizar esses desconfortos ensinadas por esses especialistas:

Seja gentil

A pele está em um momento delicado. Escolha produtos de limpeza que tenham ação suave. Se sentir que a cútis está muito seca, experimente substituir a lavagem com água durante a noite pela aplicação de água micelar, com ajuda de algodão. Depois, aplique uma camada generosa de algum hidratante com ácido hialurônico ou ceramidas.

Vitaminas

Coloque na sua rotina de beleza produtinhos que contenham as vitaminas E e C. Ambas combatem os radicais livres e caem sob medida em peles cansadas – isso vai ajudar a restaurar o brilho.

Antibióticos

Em alguns casos, como naqueles em que há o aparecimento de acne, o melhor é investir em antibióticos tópicos ricos em clindamicina, metronidazol e azitromicina, juntamente com retinoides.

Ácido glicólico

Procure por itens de skincare que tenham o ativo na composição. Ele ajuda a reter a umidade da pele ao mesmo tempo que clareia manchas.

Relaxe!

O estresse, bem se sabe, pode prejudicar a pele. “Níveis elevados de cortisol são prejudiciais. Eles inflamam a cútis. Podem causar acne e piorar o envelhecimento”, salientou a dermatologista Mona Gohara. Considere praticar meditação e yoga.

Últimas notícias