Saúde local descarta caso suspeito de coronavírus em Curitiba

O caso estava entre os três que estão sendo acompanhados pelo Ministério da Saúde. Os outros dois são no RS e em MG

atualizado 29/01/2020 12:52

coronavírus ilustraçãoCDC/Unsplash

A Secretaria da Saúde do Paraná informou, nesta quarta-feira (29/01/2020), que descartou a suspeita do novo coronavírus para um paciente internado em Curitiba. O caso estava entre os três que estão sendo acompanhados pelo Ministério da Saúde. O governo brasileiro analisa ainda outras duas suspeitas, uma na cidade de São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, e outra em Belo Horizonte, em Minas Gerais.

A notificação sobre a paciente mineira fez o Ministério da Saúde subir o alerta de risco no país. Após ser atendida na última sexta-feira (24/01/2020), a mulher foi encaminhada a um hospital de referência e colocada em isolamento até o resultado de exames, previsto para sexta-feira (31/01/2020). A paciente, que esteve em Wuhan, na China, afirma não ter ido ao mercado de peixes da cidade nem ter mantido contato com indivíduos doentes. Cerca de 14 pessoas que tiveram contato com ela estão sendo monitoradas.

Em São Leopoldo (RS), o paciente atendido é morador de Kunming, cidade localizada a 1.500 km de Wuhan, e voltou ao Brasil há quatro dias. Ele procurou a UPA após sentir febre e está em observação.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) corrigiu a avaliação de risco diante do coronavírus, de “moderado” para “alto”. A medida levou o Ministério da Saúde a atualizar a definição de ocorrências suspeitas. Antes, os casos suspeitos eram de pessoas que apresentavam febre e sintomas respiratórios como tosse e dificuldade para respirar, e com histórico de viagens a região de Wuhan nos últimos 14 dias antes do início dos sintomas.

Agora, são suspeitos casos de pessoas que estiveram na China ou mantiveram contato com casos suspeitos ou confirmados até 14 dias antes do início dos sintomas. O intervalo corresponde ao tempo de incubação do vírus – entre a infecção e o desenvolvimento de sintomas.

Últimas notícias