OMS: EUA podem se tornar novo epicentro do coronavírus no mundo

Depois da China e Europa, organização internacional aponta "aceleração muito grande" no número de casos em território norte-americano

atualizado 24/03/2020 12:37

coronavírus ilustraçãoCallista Images/Getty Images

A porta-voz da Organização Mundial da Saúde (OMS), Margaret Harris, afirmou, nesta terça-feira (24/03), que o órgão está enxergando uma “aceleração muito grande” no número de casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus nos Estados Unidos, e que o país pode se tornar o epicentro da pandemia nos próximos dias.

Margaret disse ainda que 85% dos novos pacientes de coronavírus foram diagnosticados nos Estados Unidos e na Europa, considerada atualmente o principal foco da epidemia.

O estado de Nova York é o mais afetado no momento e já conta com cerca de 21 mil casos registrados. Há relatos de falta de respiradores e máscaras de proteção. O aumento do número de testes e diagnósticos comprovou que o vírus já circula livremente pela região.

Últimas notícias