OMS confirma caso de influenza A H1N2, com potencial pandêmico, no Brasil

Mulher de 22 anos trabalha em um abatedouro de porcos, no Paraná, e já foi curada

atualizado 10/07/2020 20:37

vírus influenzaCDC/SCIENCE PHOTO LIBRARY/GETTY IMAGES

Na tarde desta sexta-feira (10/7), a Organização Mundial de Saúde (OMS) confirmou um caso de infecção por influenza A H1N2 no Brasil. O caso foi analisado pela Fiocruz, e aconteceu em abril, no Paraná. O vírus circula em porcos e tem potencial pandêmico.

A mulher de 22 anos trabalha em um abatedouro de porcos no Paraná, e foi ao hospital depois de sentir sintomas respiratórios. Foi feita uma coleta de amostra, que detectou um tipo diferente de influenza A. A Fiocruz foi acionada e, após analise, foi confirmada a infecção. A paciente não tinha comorbidades, foi tratada em casa e se recuperou.

A Fiocruz segue fazendo a análise genética do vírus e, no final de junho, as autoridades do município de Ibiporã, onde mora a mulher, começaram uma investigação na cidade. Os casos suspeitos de Covid-19 no município também serão testados para a variante da influenza.

Segundo o informe publicado na página oficial da OMS, foi encontrado outro paciente que trabalha no mesmo local e sentiu sintomas respiratórios na mesma época.

Ainda não há informações sobre se o vírus pode ser transmitido de pessoa para pessoa. Até hoje, apenas 26 casos de influenza A H1N2 foram documentados no mundo, incluindo dois do Brasil.

A OMS afirma que os cuidados para prevenção são semelhantes ao do coronavírus, como lavar as mãos e evitar contato com animais doentes. Apesar do potencial pandêmico da infecção, a entidade não recomenda restrições de viagem.

Últimas notícias