É possível ter coronavírus e influenza ao mesmo tempo, diz Saúde

O secretário de Vigilância de Saúde, Wanderson de Oliveira, explica que pessoas com menos de 60 anos podem ter coinfecção

atualizado 11/04/2020 21:08

O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson de Oliveira, explicou, na tarde desta sexta-feira (11/04), que é possível que pacientes sejam infectados pelo coronavírus e outro vírus respiratório (como a influenza), ao mesmo tempo e, por isso, o desenvolvimento da epidemia pode ser diferente no Brasil.

Ele considera que a quantidade de pessoas com menos de 60 anos que morreram por conta da Covid-19 (223, de 1.124) é significativa e uma das possíveis explicações é a coinfecção. “Pessoas jovens são mais propensas a ter influenza e, para pacientes com fatores de risco ou comorbidades, pode ser um agravante”, afirma o secretário.

Segundo ele, em conversa com a Secretaria de Saúde de Pernambuco, foi revelado que 10 pacientes foram confirmados com coronavírus em um dia e três deles tinham, também, influenza. Diferentemente de outros países, o Brasil está lidando com a epidemia do coronavírus ao mesmo tempo que começa a sazonalidade de outros vírus respiratórios – por isso, a vacinação contra a gripe é ainda mais importante. No hemisfério Norte, por exemplo, a sazonalidade de influenza acontece em novembro (no caso, antes de o coronavírus surgir).

Últimas notícias