Aos 97 anos, idosa recebe alta depois de ter Covid-19 e influenza

Gina Dal Colleto mora sozinha em Santos (SP) e se tornou a brasileira mais velha a vencer o novo coronavírus

atualizado 12/04/2020 15:44

Dona Gina cercada pela equipe do hospital, todos de máscaraRede D'Or São Luiz/Divulgação

Gina Dal Colleto, 97 anos, se tornou a pessoa mais velha do Brasil a receber alta depois de pegar o novo coronavírus. De família italiana, a senhora mora sozinha em Santos (SP) e é a única sobrevivente dos 11 irmãos. A idosa deu entrada no hospital em 1º de abril com tosse e confusão mental.

Ela recebeu o diagnóstico de influenza e coronavírus ao mesmo tempo. A nonagenária foi transferida para a unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Vila Nova Star, da Rede D’Or São Luiz, e colocada no oxigênio para receber auxílio respiratório.

Gina tem seis netos e cinco bisnetos e, apesar da idade, adota uma rotina bastante ativa. Ela gosta de passear, fazer compras e cozinhar. Depois de 11 dias internada, ela se curou das duas infecções. Quando recebeu alta, saiu do hospital aplaudida pela equipe que a atendeu.

Últimas notícias