Novo remédio para mulheres com osteoporose é aprovado

Depois de duas décadas sem avanços no tratamento contra a doença, a FDA liberou o medicamento para venda. Saiba mais

atualizado 11/04/2019 13:15

Mathew Schwartz, Unsplash

Um novo medicamento para tratar osteoporose de mulheres na menopausa foi aprovado pela agência reguladora americana Food and Drug Administration (FDA, em inglês) depois de quase 20 anos sem novidades médicas na área. As injeções devem ser tomadas mensalmente e estarão disponíveis para venda nos próximos dias. No entanto, o valor ainda não foi divulgado. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que 10 milhões de brasileiros sofrem com a doença.

A osteoporose é a perda acelerada de massa óssea, que ocorre durante o envelhecimento. Essa doença provoca a diminuição da absorção de minerais e de cálcio. De acordo com a Fundação Internacional de Osteoporose, a prevalência da doença no Brasil chega a 30% do público feminino acima de 45 anos e a 16% em homens com mais de 65.

O novo medicamento, com nome comercial de Evenity, é capaz de restaurar os ossos sem danificá-los. Nos testes realizados com a droga, os pacientes estudados perceberam até 15% de melhora, especialmente na densidade dos ossos, além de relatarem menos fraturas. A principal diferença desse tratamento está em fortalecer os ossos.

De acordo com a FDA, os efeitos colaterais incluem possíveis riscos de ataques cardíacos, enxaquecas e dores nas articulações. Por isso, a agência pediu que as embalagens tenham um aviso dos riscos e que sejam realizadas pesquisas posteriores para analisar os perigos cardiovasculares.

Com informações do jornal americano The New York Times

Mais lidas
Últimas notícias