Estudo mostra que 86% dos pacientes com Covid-19 leve têm perda de olfato

Sintoma é o mais comum entre pessoas com quadro leve da doença. Segundo pesquisa, 95% recupera o sentido em até seis meses

atualizado 07/01/2021 17:37

mulher cheirando laranjaMicrogen Images/Science Photo Library/GettyImages

De acordo com uma pesquisa feita com 2.581 pacientes de 18 hospitais europeus, a redução ou perda do olfato é o sintoma mais comum em casos leves de Covid-19. Entre os participantes, 4,5% dos que tiveram quadro moderado relataram o problema, 6,9% dos casos graves e 85,9% dos leves.

A duração média do sintoma foi de 21,6 dias, mas quase um quarto dos pacientes afirmou não ter recuperado o sentido por mais de 60 dias após perdê-lo. Entre os casos identificados clinicamente, seis meses depois de perder o olfato, 4,3% dos pacientes ainda sofria com o problema.

“A disfunção olfativa é mais prevalente em formas leves da Covid-19 do que em casos moderados ou críticos, e 95% dos pacientes recupera o sentido até seis meses depois da infecção”, afirma Jerome R.Lechien, autor do estudo, ao site EurekAlert. O estudo foi publicado no Journal of Internal Medicine e conduzido pela universidade Paris Saclay, na França.

0

Últimas notícias