Doença misteriosa em MG: veja o que se sabe até agora

Um homem de 55 anos já morreu por causa da doença cujos sintomas evoluem rapidamente para insuficiência renal aguda

atualizado 09/01/2020 8:59

HYWARDS/istock

A Secretaria de Saúde de Minas Gerais foi informada nesta quarta-feira (08/01/2020) de dois novos casos da doença misteriosa que afeta homens que passaram as festas de fim de ano no bairro de Buritis, em Belo Horizonte.

Até aqui 9 casos foram comunicados às autoridades públicas, sendo que um deles foi descartado pois o paciente sofria de doença renal prévia. Os dois novos pacientes seguem o perfil dos anteriores: são homens, com idades de 56 e 64 anos, que moram no bairro.

A doença possui como sintomas iniciais náuseas, vômitos e dores abdominais, e evolui rapidamente para insuficiência renal aguda e manifestações neurológicas. Na terça-feira (07/01/2020), Paschoal Darmartini Filho, que havia passado o fim de ano com a filha e o genro em Belo Horizonte, morreu aos 55 anos em um hospital de Juiz de Fora.

As linhas de investigação para desvendar a causa da enfermidade são intoxicação exógena (efeitos nocivos ao organismo causados por contato com um ou mais agentes tóxicos) ou contaminação causada por agente infeccioso (vírus, bactérias ou fungos, por exemplo). Na cidade, correm boatos de que produtos comprados em um supermercado do bairro estariam estragados e teriam causado o problema.

Últimas notícias