Doença misteriosa causa 1ª morte em MG. Outros 6 estão internados

Paschoal Darmartini Filho faleceu na terça-feira (07/01/2020), vítima de doença que provoca insuficiência renal e alterações neurológicas

atualizado 08/01/2020 13:49

HYWARDS/istock

Um homem de 55 anos é a primeira vítima fatal de uma doença misteriosa que já levou pelo menos outras seis pessoas a serem internadas em Minas Gerais. A morte da Paschoal Darmartini Filho na terça-feira (07/01/2020) foi confirmada pela Secretaria de Saúde do estado em nota oficial.

Desde o dia 4 de janeiro, as autoridades de saúde estão em alerta para investigar uma doença cujos sintomas iniciais são náuseas, vômitos e dores abdominais. A condição, entretanto, rapidamente evolui para insuficiência renal aguda acompanhada de alterações neurológicas como paralisia facial e visão turva.

Dois pontos de coincidência entre os pacientes internados chamam atenção: todos são homens e estiveram em Buritis, bairro da cidade, para as festas de fim de ano.

Até o momento, o diagnóstico não está definido. As linhas de investigação são intoxicação exógena (efeitos nocivos ao organismo causados por contato com um ou mais agentes tóxicos) ou contaminação causada por agente infeccioso (vírus, bactérias ou fungos, por exemplo).

À imprensa local, Camila Demartini, filha de Paschoal, relatou que o marido dela, Luiz Felippe Teles Ribeiro, está internado com os mesmos sintomas.

Últimas notícias