metropoles.com

Diarreia e vômito podem ter relação com Covid-19 grave em crianças

Estudo brasileiro sugere que sintomas gastrointestinais teriam relação à síndrome inflamatória multissistêmica pediátrica (SIM-P)

atualizado

Compartilhar notícia

Vladimir SmirnovTASS via Getty Images
Criança mascara coronavirus covid
1 de 1 Criança mascara coronavirus covid - Foto: Vladimir SmirnovTASS via Getty Images

Um estudo realizado por médicos brasileiros, publicado no site Science Direct, identificou que, embora as estatísticas dos casos sintomáticos de Covid-19 em crianças e adolescentes sejam baixas, algumas podem desenvolver condições clínicas agudas graves. Especialmente as comorbidades anteriores à infecção. Posteriormente, também apresentam síndrome inflamatória multissistêmica pediátrica (SIM-P).

Os pesquisadores do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (Idor), de hospitais da Rede D’Or, Hospital Sírio Libanês e instituições brasileiras, como a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), participaram do estudo.

Eles avaliaram o quadro clínico de 79 pacientes da Covid-19 com idade entre 1 mês e 19 anos, internados em 19 unidades de terapia intensiva pediátrica entre março e maio deste ano. Desses, 10 foram diagnosticados com a SIM-P.

Além da febre, tosse e respiração acelerada, frequentemente registrados nos pacientes observados, sintomas graves e gastrointestinais — vômito, náusea, dores abdominais e diarreia — foram mais comuns na presença de síndrome inflamatória multissistêmica. O derrame pleural também foi mais prevalente no grupo.

Os médicos ressaltam a importância de uma avaliação completa quando crianças e adolescentes apresentam sinais que vão além dos respiratórios, mais comuns na Covid-19.

A condição afeta principalmente o coração, mas também pode ser identificada com prejuízos no intestino, fígado, rins, baço, pele e cérebro e pode deixar sequelas.

0

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comSaúde

Você quer ficar por dentro das notícias de saúde mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações