Com 34.021 óbitos, Brasil ultrapassa Itália em mortes por coronavírus

Informações sobre o alcance da pandemia no país foram divulgadas nesta quinta-feira (04/06) pelo Ministério da Saúde

Ilustração da estrutura do coronavírusAndriy Onufriyenko/Getty Images

atualizado 04/06/2020 22:01

Segundo informações do Ministério da Saúde divulgadas na noite desta quinta-feira (04/06), o Brasil registra, desde o começo da pandemia, 34.021 mortes por coronavírus e 614.941 casos confirmados da doença. Nas últimas 24 horas, foram contabilizados mais 30.925 diagnósticos positivos para Covid-19, bem como 1.473 novos óbitos. A pasta informa que 366 falecimentos aconteceram desde terça (02/06), e o restante, nos meses anteriores, mas tiveram a causa solucionada só hoje.

Com a atualização desta quinta, o Brasil ultrapassa, em número de óbitos, a Itália, que registrou até o momento 33.689 mortes por Covid-19.

O Brasil é o 2º país mais atingido pela pandemia no mundo, atrás dos Estados Unidos, e o 3º com mais mortes – superado por Estados Unidos (107.474) e Reino Unido (39.987). Apesar dos números significativos, a quantidade de casos e óbitos no país está subestimada por conta da falta de testes e de uma fila de cerca de 4 mil mortes ainda sem causas descritas.

Os estados mais afetados pela pandemia são São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará, Amazonas e Pará. As cinco unidades federativas, além de Pernambuco, já ultrapassaram a marca de três mil vítimas fatais, cada. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil ainda não chegou ao pico da pandemia.

20 dias sem ministro da Saúde, o governo ainda não liberou as diretrizes para a flexibilização do distanciamento social. O documento segue em discussão com os conselhos nacionais de secretários de saúde estaduais e municipais. Apesar de o país estar ainda na fase ascendente da curva, vários estados estão tomando medidas de abertura.

0

Últimas notícias