Beber 2 cafés e 2 chás reduz risco de demência e derrame, diz estudo

Pesquisadores analisaram dados de mais de 300 mil britânicos por uma década. Hábito também foi associado ao menor risco de demência pós-AVC

atualizado 17/11/2021 11:14

Tomar duas xícaras de café e duas de chá diariamente pode reduzir em até um terço o risco de uma pessoa sofrer um derrame ou desenvolver demência, segundo pesquisadores da Tianjin Medical University, da China.

De acordo com o estudo chinês, publicado nessa terça-feira (16/11), na revista PLoS Medicine, a ingestão de café sozinho ou em combinação com chá também foi “associada ao menor risco de demência pós-acidente vascular cerebral (AVC).

Para fazer o estudo, os cientistas monitoraram dados sobre a saúde de 365.682 britânicos inscritos no UK Biobank, por mais de uma década. Os participantes tinham idades entre 50 e 74 anos e responderam um questionários sobre seus hábitos alimentares. Um dos pontos analisados foi a ingestão de bebidas quentes.

O consumo de duas a três xícaras de café e a mesma quantidade de chá por dia foi associado a um risco 32% menor de derrame e 28% a menos de demência comparado às pessoas que não têm o hábito de consumir as bebidas.

“Essas descobertas destacam uma relação potencial benéfica entre o consumo de café e chá e o risco de acidente vascular cerebral, demência e demência pós-acidente vascular cerebral, embora a causalidade não possa ser inferida”, escreveram os pesquisadores no artigo, sugerindo que a relação mais clara seja para o consumo de várias bebidas quentes.

Mais lidas
Últimas notícias