Aprenda a tirar o sal da comida: conheça substitutos cheios de sabor

Um em cada quatro brasileiros tem hipertensão, doença que pode gerar AVC e enfarte. Previna-se com uma alimentação saudável

atualizado 24/04/2019 18:39

Syd Wachs, Unsplash

Uma das principais maneiras de combater a hipertensão é manter uma alimentação balanceada, com menos sal. Dados do Ministério da Saúde apontam que um em cada quatro brasileiros adultos tem o diagnóstico conhecido popularmente como “pressão alta”, que pode levar à ocorrência de acidente vascular cerebral (AVC), enfarte, aneurisma arterial e insuficiência cardíaca e renal.

Segundo o cardiologista Marcelo Sampaio, a ingestão descontrolada de sódio é um dos grandes fatores de risco para o desenvolvimento de cardiopatias. Ele ressalta que há substitutos para o sal que podem trazer muitos benefícios à saúde. “Temperos como alho, salsa, coentro, cebolinha, manjericão, tomilho, orégano, limão e louro são excelentes alternativas para alimentar-se com sabor e manter a saúde do coração”, diz o médico.

Confira temperos que podem ser usados para dar mais sabor aos seus pratos e mantê-los saudáveis:

Alho e cebola
Quer um refogado mais cheiroso do que o de cebola com alho? A mistura, além de deliciosa, é saudável. Considerados os temperos básicos da cozinha, eles combinam com praticamente todos os alimentos, além de ajudarem a filtrar a gordura absorvida pelo organismo. Ambos são excelentes anti-inflamatórios naturais. A cebola crua, no entanto, não deve ser consumida em excesso, porque pode irritar o estômago. Caso haja sensibilidade, use-a na forma de caldos.

Limão
Excelente para acompanhar saladas e marinar carnes, especialmente frangos e peixe. Tem propriedade anti-infecciosa e pode ser utilizado tanto na forma de sucos como na de chás. Tomá-lo todos os dias em jejum ajuda a desintoxicar o organismo.

Tomilho
Bastante utilizado na preparação dos alimentos, especialmente carnes e frangos. Pode ser também consumido cru em saladas. É considerado antisséptico, ajuda na prevenção de problemas respiratórios, reduz o colesterol e protege contra o envelhecimento das células.

Manjericão
Harmoniza-se perfeitamente com peixes e é fácil de manter em uma horta caseira. As folhas frescas do manjericão são curingas na cozinha. Além de temperar vários tipos de alimentos, a planta é usada como base de molhos, como pesto e na companhia de tomates. O manjericão possui propriedades antivirais, acelera a cicatrização da pele e protege contra desconfortos intestinais.

Salsa
É grande aliada para combater problemas de circulação e de retenção de líquidos, celulite, anemia e esgotamento físico. Beneficia a digestão e o funcionamento da tireoide. A erva pode ser utilizada in natura, em forma de pastas ou em chás. Consumir três folhas de salsa antes das principais refeições ajuda a eliminar toxinas do organismo. Com um maço de salsa e um pouco de água e azeite batidos no liquidificador, prepara-se um bom patê para pães e torradas.

Alho-poró
Um excelente ingrediente para incrementar as refeições, pode ser usado em bases de risotos ou consumido cru em saladas. É um vegetal com alto teor de fibras e inúmeras vitaminas e minerais, o que contribui para o bom funcionamento do intestino. O alimento previne câimbras, fortalece os músculos, retarda o envelhecimento, melhora o sistema cardiovascular e estimula o sistema de defesa do organismo.

Últimas notícias