Atirador de ataque a jornal dos Estados Unidos é identificado

Jarrod Warren Ramos entrou na Justiça contra publicação por difamação em 2012

atualizado 28/06/2018 22:10

JOSE LUIS MAGANA/ASSOCIATED PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Autoridades dos Estados Unidos identificaram o autor do ataque contra o jornal Capital Gazette. O atirador é Jarrod Warren Ramos, um homem branco de quase 30 anos. Ramos entrou na Justiça contra o jornal por difamação em 2012. Ele entrou no prédio com uma espingarda e procurou por possíveis vítimas enquanto caminhava pelo local.O tiroteio ocorreu na tarde desta quinta-feira (28/6) e deixou cinco mortos.

As autoridades executaram buscas em um endereço ligado ao nome do atirador, eles acreditam em um envolvimento do suspeito com alguém do corpo executivo do jornal, mas a polícia deixa claro que as informações são preliminares e a investigação está no começo.

O FBI – polícia federal dos Estados Unidos – teve dificuldades para identificar Ramos, que não portava documentos de identificação e teve as digitais danificadas ou alteradas, provavelmente para dificultar as investigações, o uso de reconhecimento facial foi necessário.

O prefeito de Annapolis, Gavin Buckley, revelou, em uma entrevista concedida à  CNN, que o dispositivo incendiário encontrado no local eram varias latas de gás, que seriam usadas para causar danos ao jornal. O Capital Gazette sofreu ameaças em suas redes sociais e a policia trabalha em na identificação dos responsáveis.

Ataques a outro jornal
No dia 7 de janeiro de 2015, dois homens armados atacaram os escritórios do Charlie Hebdo, em Paris, matando 12 pessoas. O atentado ocorreu depois que o jornal publicou um número especial sobre as primeiras eleições na Tunísia, após a destituição do presidente Zine el Abidine Ben Ali, vencida pelo partido islamita Ennahda, no qual o profeta Maomé era retratado “redator principal”. O primeiro ataque ao Charlie Hebdo ocorreu em 2011, mas não houve feridos na ocasião.

 

 

Últimas notícias