George Floyd: vários estados dos EUA usam Guarda Nacional contra protestos

Também segundo o The Washington Post, vários prefeitos estão aplicando toque de recolher à medida que as manifestações se espalham

atualizado 30/05/2020 19:00

Manifestantes entram em conflito com a polícia durante uma manifestação contra a morte de George Floyd em MinneapolisStephanie Keith/Getty Images

Várias cidades dos Estados Unidos registraram na tarde deste sábado (30/05) novas manifestações após a morte do ex-segurança George Floyd, durante uma abordagem policial em Minneapolis.

Segundo o jornal The Washington Post, o governador de Minnesota, Tim Walz, anunciou que estava mobilizando completamente a Guarda Nacional para ajudar a controlar os protestos violentos. De acordo com o noticiário norte-americano, o uso da Guarda Nacional também foi feito nos estados da Geórgia, Kentucky, Wisconsin, Colorado e Ohio.

O jornal diz ainda que prefeitos também estão aplicando toque de recolher à medida que os protestos se espalham pelas cidades.

George Floyd, 46 anos, foi morto na última segunda-feira (25/05). Vídeos que circularam nas redes sociais mostram a vítima ao chão, imobilizada por um agente, que pressionava com o joelho o pescoço de Floyd contra o chão. George chegou a dizer que não conseguia respirar.

Após o episódio, manifestantes atearam fogo em diferentes pontos e entraram em confronto com a polícia. Durante esta madrugada, duas pessoas morreram e outras centenas foram presas.

0

 

Últimas notícias