EUA têm interesse em livre comércio com o Brasil, diz Wilbur Ross

Secretário ressaltou que muitas etapas de negociação comercial ainda precisam ser cumpridas e não quis estimar um tempo para conclusão

Michael Kovac/Getty ImagesMichael Kovac/Getty Images

atualizado 30/07/2019 18:14

O secretário de Comércio dos Estados Unidos, Wilbur Ross, disse nesta terça-feira (30/07/2019) na capital paulista que os Estados Unidos têm interesse em fechar um acordo de livre comércio com o Brasil. Ele ressaltou, no entanto, que muitas etapas de negociação comercial ainda precisam ser cumpridas, e não quis estimar o tempo necessário para que o acordo possa ser fechado.

“Muitos componentes são necessários [para se chegar ao acordo]. No entanto, nunca concluímos o tratado de investimento bilateral entre o Brasil e EUA, que seria um precursor lógico de qualquer tipo de acordo de livre comércio. Há muitas coisas no diálogo comercial que precisam ser feitas”, disse em entrevista coletiva após participar de evento, em São Paulo, na Amcham Brasil.

Ross destacou ainda que para o acordo comercial entre o Brasil e os EUA avançar é necessário que os termos do tratado do Mercosul com a União Europeia não criem obstáculos. “É importante que nada no acordo entre Mercosul e União Europeia seja um impedimento para um acordo de livre comércio do Brasil com os Estados Unidos. É importante evitar obstáculos que, inadvertidamente, possam aparecer na transação do Mercosul com a União Europeia”, disse.

Ross tem encontro marcado amanhã, em Brasília, com o ministro da Economia Paulo Guedes. Na manhã de hoje, nos Estados Unidos em conversa com a imprensa, o presidente Donald Trump disse que pretende avançar em um acordo de livre comércio com o Brasil.

Últimas notícias