• 27

    feminicídios praticados no df

  • casos de violência contra a mulher no df:

    13244

Por que falar sobre violência de gênero

Desde o primeiro dia do ano de 2019, o Metrópoles se dedica a um projeto editorial sobre feminicídio, crime que começa onde, supostamente, deveria haver amor e refúgio. Dentro de seus próprios lares, milhares de mulheres são agredidas verbalmente e fisicamente. Em casa, muitas dessas vítimas terminam mortas.

O Elas por Elas dará visibilidade às tragédias provocadas pela violência contra as mulheres, humanizando estatísticas frias. As histórias de todas as vítimas de feminicídio do Distrito Federal serão contadas por profissionais do sexo feminino (jornalistas, fotógrafas, artistas gráficas e cinegrafistas), conhecidas por sua sensibilidade, para aproximar os leitores da trajetória de vida dessas mulheres e criar empatia, único sentimento capaz de interromper a indiferença diante dos pedidos de socorro de tantas brasileiras. Romper esses ciclos de violência exige engajamento de toda a sociedade.

Todos os casos de agressão contra mulheres registrados no DF estão em um contador atualizado na capa do portal. Além disso, serão publicadas entrevistas com especialistas, pesquisadores e autoridades responsáveis por proteger as brasileiras, a fim de ajudar a população a compreender dados, identificar situações de risco, saber como auxiliar quem corre perigo. A equipe do Metrópoles vai monitorar políticas públicas, mapear iniciativas bem-sucedidas de combate à violência e falar sobre experiências inspiradoras de mulheres que superaram relacionamentos abusivos.

Denuncie

  • ligue 180
  • vá a uma delegacia da mulher
Imagem ilustrativa