Fazenda Churrascada: bons cortes assados na brasa em espaço temático

Com menu da chef Paula Labaki, casa foi fundada em São Paulo e já faz sucesso também em Brasília

atualizado 18/03/2022 18:03

Matheus Veloso/Especial Metrópoles

O cheirinho de carne assada tem pego o brasiliense pelo estômago nos últimos tempos, por conta da inauguração de alguns novos endereços dedicados aos bons cortes e à brasa. Uma das casas que abriu as portas recentemente na cidade foi a Fazenda Churrascada, marca que nasceu e já está consolidada em São Paulo e que tem a especialista em assados Paula Labaki como idealizadora do cardápio.

Com alguns meses de obra, obedecendo o projeto do escritório brasiliense MAAI Arquitetos, o espaço onde antes funcionou o restaurante Oliver, no Clube de Golfe, foi totalmente modificado para abrigar um ambiente temático, com aquele clima de campo. As referências à fazendas do interior são muitas, mas o que chama mesmo a atenção é a churrasqueira, instalada no pátio principal, cujas labaredas podem ser vistas de longe.

O espaço também comporta um salão mais fechado, varanda, área para o pit smoker (onde as carnes são defumadas), loja de carnes (na qual estão expostas peças suculentas de gado wagyu e outras em processo de maturação) e até uma área para que as crianças brinquem com o acompanhamento de monitores e pagamento à parte. Ah, tem ainda uma loja na saída, onde se pode comprar souvenirs, aventais, temperos e outros produtos relacionados ao tema churrasco.

Fazenda Churrascada Brasília
A parrilla da casa tem 9 metros

Para comer

Em minha visita à casa, provei primeiramente a Piporca (R$ 9), uma pururuca muito leve e crocante, daquelas para a gente passar a tarde beliscando enquanto faz maratona no Netflix. Aliás, bem que poderiam colocar pra vender uns saquinhos com esses pedacinhos pecaminosos na lojinha (risos). Depois, pedi linguiça com brisket de angus e porco Duroc, levemente apimentada (R$ 36). Gostei da consistência e da umidade da carne e de passar na farinha e no molho chimichurri.

De principal, não consegui decidir entre o ancho (R$ 99) e o cupim defumado (R$ 69), então fui nos dois. Ainda bem que estava acompanhada, senão teria levado muita carne para casa. Na lista de opções também tem flat iron (R$ 84), Denver steak (R$ 79), bombom de alcatra (R$ 69), Short Rib de 700g (R$ 149), prime rib de Duroc (R$ 59) e galeto inteiro grelhado (R$ 49). Na parte dos defumados, é possível pedir itens como brisket e costelinha suína.

Para os bolsos mais abastados, a casa oferece ainda a Experiência 481, na qual os cortes podem ser escolhidos pelo cliente na loja. Em seguida são limpos e seguem para a churrasqueira. As opções passam por Tomahawk (R$ 245/kg); Porter House (R$ 230/kg), Wagyu (R$ 164/100g), Dry Aged (R$ 335/kg).

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
Publicidade do parceiro Metrópoles 5
Publicidade do parceiro Metrópoles 6
0

Para acompanhar, escolhi a beterraba assada na brasa com um molhinho de creme azedo (R$ 16), mandioca na manteiga de garrafa (R$ 18) e salada Juliana (R$ 32), que é para ninguém dizer que eu não como folhas, cenoura ralada, parmesão, tomatinhos, palha de mandioquinha, alcaparrones e palmito, tudo isso envolvido em molho cremoso. Todos eles estavam muito bons e combinaram perfeitamente com os cortes escolhidos e com o vinho, um Uxmal de Syrah com Malbec (R$ 129). Aliás, devo salientar que a carta de vinhos tem um preço bem interessante, se comparada com a de outros restaurantes. Achei que não pesam a mão nos preços das garrafas.

Voltando às guarnições, também estão disponíveis batata frita, arroz de costela e da fazenda, purê de batatas, farofa de ovos e milho na brasa (esse vai ser um dos meus escolhidos na próxima visita).

Para a sobremesa, o menu conta com Banana Split da Fazenda com doce de leite, farofa de sucrilhos e sorvete de baunilha. (R$ 22); goiabada cremosa com requeijão (R$ 27), pudim com doce de leite finalizado com flor de sal e farofa crocante de castanha de caju e bacon (R$ 27) e mousse de chocolate belga e café, finalizada com farofa crocante de castanha e bacon (R$ 27).

Tem um detalhe sobre a Fazenda Churrascada que eu dou muito valor. A casa não fecha entre o almoço e o jantar. Isso é uma mão na roda para aqueles dias que só podemos almoçar no meio da tarde. Ah, é bom chegar cedo, porque o lugar está bem concorrido.

Serviço:
Fazenda Churrascada
Clube de Golfe de Brasília – Setor de Clubes Esportivos Sul, Trecho 2
Telefone: (61) 99290-2675
Funciona de terça a quinta, das 12 às 23h; sexta e sábado, das 12h às 0h; domingo, das 12h às 18h
Instagram: @fazendachurrascadabsb

Para mais dicas de gastronomia, siga @lucianabarbo no Instagram.

Mais lidas
Últimas notícias