metropoles.com

Veja dicas para conservar melhor os alimentos secos

Os insumos que são guardados na dispensa também precisam de cuidados especiais e podem ser perdidos antes da validade

atualizado

Compartilhar notícia

Pixabay
shelf-1285186_1920
1 de 1 shelf-1285186_1920 - Foto: Pixabay

Já tratamos aqui a melhor forma de organizar a sua geladeira, com os mantimentos perecíveis, agora é hora de darmos uma atenção aos armários e dispensa, que normalmente fica com alguns itens esquecidos ou considerados “perenes”.

Uma dica geral a todos os itens a serem guardados fora da geladeira: manter longe de iluminação do sol, umidade ou calor. Escolham armários com essas características para transformarem em suas dispensas, isso confere maior durabilidade a todos os produtos.

Óleos

Azeite, óleo de canola, de coco, de gergelim torrado e outros óleos vegetais têm uma durabilidade bem longa (muitas vezes superior ao indicado em sua embalagem, embora não seja nada recomendado desrespeitá-la). O ideal é manter óleos em garrafas de vidro não translúcida. A tampa também deve vedar o conteúdo, evitando contato com o ar. Indícios de que eles não estejam próprios para consumo é uma coloração turva, sabor metálico, aroma forte ou sedimentos no fundo do recipiente. Podem durar cerca de um ano caso sejam bem conservados.

Farinhas

Farinhas em geral podem passar por um processo que garante maior durabilidade. Infelizmente é bem comum encontrar aqueles besourinhos, os carunchos, mesmo em produtos embalados dentro da validade. Isso ocorre porque os ovos do inseto já se encontram na farinha (esses produtos nunca devem ser comidos crus, pois não possuem muita exigência sanitária). O ideal é deixar os pacotes durante cerca de uma semana no freezer, o que garante a morte desses parasitas. Depois, no armário. Apenas preste atenção na dica geral do início do artigo.

Massas secas

Essas são as mais sensíveis à umidade, logo, tenha cuidado. O ideal é retirá-las da embalagem de papel e guardar em algum pote (existem os adequados, já em formato cilíndrico). Também podem ser alvo de pequenos insetos, porém não é recomendado o mesmo processo da farinha, pois a condensação pode umedecê-las. Deve-se ficar atento ao aspecto da massa, caso tenha partes brancas ou quebradiças, não está mais própria para consumo.

Temperos secos

Esses são normalmente os mais negligenciados em casa. Compramos especiarias e ervas em potinhos e os deixamos lá para todo o sempre. Via de regra, acaba-se apenas perdendo os sabores desses ingredientes com o tempo, mas mesmo assim é preciso observar alguns fatores, como se não há mofo neles ou formação de pedras e grumos, isso indica que há umidade no produto, o que facilita a proliferação de mofo. Quanto ao sabor, após cerca de 6 meses se perde a potência.

Bicarbonato de sódio e fermento químico

Esses dois costumam ser usados em pequenas quantidades e acabam estragando. Ambos perdem o uso poucos meses após abertos. Deve-se descartá-los caso estejam com coloração diferente da branca ou algum odor diferente.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações