*

Seguindo a tendência de novos modelos de negócio e economia compartilhada, começa a florescer em Brasília o mercado de jantares para grupos limitados, feitos em domicílio ou na casa do próprio chef — profissional ou não. A experiência intimista pode revelar muitas surpresas positivas.

Funciona sempre com data marcada. O pagamento é feito antes, e o cardápio, caso não seja surpresa, é divulgado com alguma antecedência por quem vai prepará-lo.Na noite, o anfitrião faz todo o jantar em sua própria cozinha e serve os clientes. Tudo de um jeito informal. Quando o serviço é feito em domicílio, normalmente o cardápio é pré-definido ou negociável.

A principal característica desse novo mercado é a oferta de refeições bem elaboradas a um preço inferior do que o cobrado pelos restaurantes, além do ambiente intimista e mais reservado. Já existem, inclusive, aplicativos e sites como o Eat With e Dineer, que mediam a relação entre os anfitriões e quem deseja participar da experiência.

A média dos preços, com entrada, pratos principais, sobremesa e bebida está em R$ 120 por pessoa. O Distrito Federal já conta com alguns representantes desse serviço. Veja alguns deles:

Felipe Menezes/Metrópoles

Cedric e Alexandre (98127-3570)
A dupla de franceses prepara sempre o melhor da culinária da França. O serviço é em domicílio, e custa em média R$ 170 por pessoa. São quatro etapas: aperitivo, entrada, prato principal e sobremesa. A especialidade dos dois são as receitas com pato, mas como o animal é comprado vivo de produtores locais, recomenda-se a quem deseja inclui-lo no cardápio marcar o jantar com antecedência.

Divulgação

Gaia (98383-2060, Asa Sul)
O chef Ramon Souza recebe até 10 pessoas por evento, sempre em casa, na 313 Sul. No menu do Gaia, estão referências gastronômicas de locais como Tailândia, Índia e Japão, com um toque especial francês. Cada jantar tem entrada, dois pratos principais e sobremesa, acompanhados ou não por vinho ou cerveja artesanal. As reuniões são quinzenais, sempre às sextas-feiras.

Kitchen 11 (99961-3021, Asa Norte)
No Kitchen 11, apelido carinhoso dado à sua casa (foto no alto da página), Rodrigo Caetano faz reuniões mensais para até seis pessoas. Os jantares são aos sábados, uma vez por mês, mas, eventualmente, a Kitchen 11 atende durante a semana. Caso queira, você pode levar seu vinho sem custo de rolha. O cardápio varia muito, mas costuma ser inspirado em algum país, com duas entradinhas, uma entrada, um prato principal e uma sobremesa. Os preços variam de R$ 90 a R$ 120, dependendo dos ingredientes utilizados.

Camila Roma e Ester, Maloca Personal Chef e Styling Food

L’Épice Food Lab (98208 0405, Lago Norte)
O L’Épice é um bufê que atende diversos eventos e, nos dias vagos, se dedica aos jantares para grupos — que neste caso pode ser maior e chegar a 50 pessoas. Não é na casa da chef Ana Victoria Neddermeyer, mas sempre em um local selecionado pelo bufê, para manter a atmosfera intimista, nas redondezas do Lago Norte. Aqui, o diferencial é que sempre há um convidado para a preparação dos pratos: um chef assina uma das entradas. No total são quatro etapas, com média de preço de R$ 150. Em parceria com uma adega, há harmonização e venda de rótulos especiais durante o evento. A especialidade é cozinha contemporânea.

Maloca Personal Chef (98171-6387, Lago Norte)
Projeto de Esther Weyl e Camila Roma, a Maloca faz o serviço na casa do cliente ou em uma casa no Lago Norte. No delivery, há opção de alguns menus fechados que podem ser negociados. O projeto compartilhado é o Eat With Us, para apenas seis pessoas. São seis etapas, sempre com harmonização de bebidas. O serviço delivery varia de R$ 75 a R$ 120, e o Eat With Us sai a R$ 180.

Marina Moura Personal Chef (99951-1801)
A chef Marina Moura faz o serviço em domicílio ou em algum local indicado previamente pelo cliente. No menu degustação, assinado pela chef, há dois tipos de cardápio: comida brasileira e asiática, principalmente com influências do Japão. Os jantares são para grupos de oito a 20 pessoas, a R$ 190 cada. O serviço inclui oito etapas: quatrp entradas, dois pratos principais e duas sobremesas. Para os apressadinhos, há opções mais baratos com quatro e seis etapas. O prato mais bem recebido é o filé de Saint Peter empanado com molho de ostras, melancia e manjericão.

Mesa para 6 (98415-4104, Asa Sul)
Toda semana, sábado ou sexta, Adriana Nasser recebe seis pessoas em sua casa. Para datas e grupos especiais, são feitas edições eventualmente durante a semana. Todo o tipo de cardápio é servido no Mesa para 6. Porém, o polvo com chouriço e favas já caiu nas graças do público e volta e meia é repetido no menu. Os jantares são a partir de R$ 85, no apartamento de Adriana, na 204 Sul.

 



 

COMENTE

deliveryjantar compartilhadopersonal chefchef em domicílio

Leia mais: Comer