Lado a lado, Bolsonaro e Moro acompanham Flamengo x CSA no Mané

Presidente e ministro da Justiça aparentavam tranquilidade. Ex-juiz recebeu uma camisa do time carioca jogada por um torcedor

Igo Estrela/MetrópolesIgo Estrela/Metrópoles

atualizado 12/06/2019 23:01

Manifestando tranquilidade em meio à polêmica gerada pelo vazamento de mensagens supostamente trocadas entre o então juiz federal no Paraná e procuradores da força-tarefa da Lava Jato, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o hoje ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, foram ontem à noite ao estádio Mané Garrincha acompanhar a partida entre Flamengo e CSA, de Alagoas, pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Bolsonaro já foi com a camisa do time carioca, mas Moro recebeu a peça de um torcedor que a jogou para o camarote – e imediatamente a vestiu.

Mando de campo vendido

Na 19ª colocação na tabela, o CSA, vice-lanterna da competição, que deveria jogar em Maceió, vendeu o mando de campo e sua torcida foi minoria em Brasília entre os pouco mais de 35 mil pagantes que adquiriram ingresso. O Flamengo entrou em campo em posição mais confortável e, a depender de uma combinação de resultados, saltaria para a terceira colocação.

Últimas notícias