Éramos Seis: Julia Stockler faz estreia arrasadora como Justina

Em sua primeira novela, Julia Stockler é um dos principais destaques de Éramos Seis

atualizado 13/03/2020 13:58

Julia Stocker como Justina em Éramos SeisRaquel Cunha/TV Globo

Quem acompanha Éramos Seis, certamente, já se emocionou com diversas cenas protagonizadas por Justina, que possui autismo e demonstrou uma convivência difícil com a mãe, Emília (Susana Vieira) – que a rejeitava –, e a irmã, Adelaide (Joana de Verona). E se a atriz que a interpreta era desconhecida do grande público nos primeiros capítulos, hoje todos se rendem ao seu talento. Responsável por dar vida a uma das personagens mais difíceis da novela das seis da Rede Globo, Julia Stockler chega à reta final da trama celebrada como um de seus grandes destaques.

Com uma carreira sólida no teatro, Julia começou como atriz ainda na infância e, em 2019, brilhou no cinema como Guida no filme A Vida Invisível, de Karim Aïnouz. A obra, que tem Fernanda Montenegro no elenco, ganhou o prêmio no Festival de Cannes. Hoje, a artista celebra a oportunidade de viver uma personagem tão complexa e marcante quanto Justina logo em sua primeira novela.

“Tenho muito tempo de teatro e entrei na televisão de forma natural, fazendo uma personagem que é um presente. A Justina é uma gigante emocional, e fazê-la todos os dias é algo que me interessa”, conta a atriz, de 31 anos.

0

Para dar vida a Justina, ela leu livros, viu filmes e frequentou um instituto voltado para autistas. “Eu penso que não é uma doença ou um problema, é um transtorno. Tive um encontro lindo com eles. A gente dançou, cantou, pintou, e isso tirou um véu em relação ao que eu tinha sobre esse espectro”, afirma. E como ocorre nessa profissão, em que é possível viver incontáveis vidas e assimilar os mais diversos ensinamentos, Julia adquiriu bastante conhecimento com sua personagem. “Aprendi a assumir meus medos e fragilidades, pois sempre vai ter gente pronta para me acolher”, declara.

Reconhecimento

O resultado de um trabalho tão bem-feito veio em forma de reconhecimento por parte do grande público. Julia tem sido vista e celebrada nas ruas, mesmo que, de vez em quando, de formas inusitadas. “No início me senti um pouco assustada. Um dia, uma mulher gritou com toda força de dentro de um bar: ‘Justina!”. Eu saí correndo!”, diverte-se a atriz, que faz questão de exaltar o carinho de Susana Vieira, sua mãe na novela.

“Foi muito generosa comigo e abriu um leque de respeito à minha profissão quando soube que vim do teatro. Eu tinha até medo de ela não gostar de trabalhar com gente jovem, mas a Susana é supercarinhosa”, diz.

Sobre a reta final de Éramos Seis e o desfecho de Justina, Julia, obviamente, faz segredo para não estragar a surpresa. “Não posso abrir muito do que vem por aí, mas a gente pode esperar um caminho de luz para a Justina”, finaliza;.

Últimas notícias