Anitta sobre sua nova série : “O cancelamento vem, mas não tô preocupada”

Anitta: Made in Honório estreia na Netflix, nesta quarta (16/12), mostrando lado pessoal da cantora

atualizado 14/12/2020 20:24

Anitta Made in HonorioNetflix/Divulgação

Toda a campanha de lançamento de Anitta: Made in Honório, que estreia na Netflix nesta quarta-feira (16/12), teve uma direção: mostrar que por trás da popstar tem uma pessoa normal, que, por sinal, se chama Larissa. A dualidade de personalidades parece ser o eixo condutor do seriado.

Anitta: Made in Honório não é uma continuação ou a segunda temporada de Vai, Anitta, que foi ao ar em 2018. A nova produção mostra mais da vida pessoal da artista, suas disputas com a equipe, a rotina de gravações e shows, além de tocar em polêmicas com o nome da cantora nos últimos dias.

Tanta exposição de um lado pessoal, que muitas vezes fica longe do alcance do público, pode ter um efeito rebote: mais um cancelamento de Anitta. A artista, já acostumada com as várias críticas na internet, garante que está preparada para isso.

“O cancelamento vem, mas não tô muito preocupada. Já estou acostumada, não faz diferença”, conta Anitta, ao risos, durante coletiva de imprensa realizada nessa segunda-feira (14/12). Mas qual o motivo dessa certeza? “Na primeira série, a gente focou muito na internacionalização da carreira. Mudamos de produtora e conversei muito com a equipe porque gostaria de mostrar a pessoa que eu sou. A Larissa que está atrás da Anitta, com suas qualidade e também com defeitos. Vamos exibir meu surtos. Não escondi nada”, garante.

Nova série documental de Anitta
Nova série documental de Anitta é Made in Honório

Entre as respostas, estão questões sobre como a funkeira Larissa adotou a persona Anitta. “Eu vou explicar para o público. Essa é uma pergunta que me fazem muito. A série é muito sobre isso. É uma história de sucesso, mas com momentos triste. É importante entenderem minhas vulnerabilidades, quem sou eu. E, por vezes, eu posso ser uma pessoa horrível”, explica a artista.

Mesmo sabendo que pode ser alvo de críticas, Anitta afirma não estar preocupada com haters. Para ela, Made in Honório é uma forma de dialogar com fãs e pessoas que ainda não conhecem seu trabalho. Aqueles que não gostam dela, segundo a artista, não vão mudar de ideia com a série documental da Netflix.

“Anitta tem apenas as qualidades da Larissa, apenas as características que eu escolhi. Ser super alegre e extrovertida. Por isso, não estou preocupado com haters. Quero conversar com meus fãs e quem deseja me conhecer. Se converter alguns haters, vou ficar feliz”, disse.

Polêmicas

Anitta confirmou que, na nova série documental, não vai fugir das disputas que teve nos últimos anos. A mais conhecida foi com cantora Ludmilla, iniciada com uma disputa sobre crédito em músicas e se tornou uma verdadeira guerra entre fandoms, com acusações de racismo, apropriação etc.

“A gente vai falar sobre o meu lado, minha visão dessas questões, de como eu recebi isso tudo. Mas não quero personalizar, não quero dar visibilidade a coisas que não são legais. Eu coloco “piii” para não sair nenhum nome. Não é um programa de fofoca”. conclui Anitta.

Anitta: Made in Honório estará disponível na Netflix em 16 de dezembro.

Últimas notícias