Releitura de Estação Carandiru, de Drauzio Varella, estreia no DF

O elenco interpreta as vítimas do massacre de 1992, além de também usar depoimentos reais

Gleyce Lima/Kathlen Amado/MonstrosDFGleyce Lima/Kathlen Amado/MonstrosDF

atualizado 22/08/2019 18:32

A peça Pavilhão 9, releitura do best-seller Estação Carandiru, de Drauzio Varella, chega ao Teatro Silvio Barbato (Sesc), em Brasília, neste sábado (24/08/2019) e domingo (25/08/2019). A trama, adaptada pela Companhia Monstros DF, usa depoimentos reais de presidiários da maior penitenciária da América Latina, o complexo do Carandiru em São Paulo, desativado em 2002.

O elenco interpreta as vítimas do massacre de 1992, além de discutir segredos não divulgados na mídia e as dificuldades de um médico ao enfrentar uma epidemia de Aids no sistema prisional. “Usamos a arte como forma de conscientização, possibilitando novas vivências”, afirma a diretora Gleyce Lima.

Pavilhão 9
Nos dias 24/08/2019 (sábado) e 25/08/2019 (domingo). Sábado, às 20h, e domingo, às 16h, no Sesc Teatro Silvio Barbato (Edifício Presidente Dutra, SCS, SHCS, quadra 2). Ingressos à venda na bilheteria a partir de R$ 10 (meia). Não recomendado para menores de 14 anos

Últimas notícias