metropoles.com

Taylor Hawkins: exame detectou opioides, antidepressivos e maconha

IML segue fazendo exames para definir causa da morte. Baterista do Foo Fighters foi encontrado morto, ao 50 anos, em hotel de Bogotá

atualizado

Compartilhar notícia

Reprodução/ Instagram
Taylor Hawkins
1 de 1 Taylor Hawkins - Foto: Reprodução/ Instagram

Um exame toxicológico apontou que Taylor Hawkins, baterista do Foo Fighters encontrado morto na última sexta-feira (25/3) em um quarto de hotel na Colômbia, tinha 10 substâncias em seu organismo como antidepressivos tricíclicos, benzodiazepínicos, opioides e maconha.

As informações são do jornal El Tiempo. O resultado do exame consta de um informe da Procuradoria-Geral da República da Colômbia, que explicou que o Instituto Médico Legal ainda continua a perícia médica para esclarecer qual foi o motivo da morte.

Por enquanto, a polícia descarta a hipótese de morte violenta, mas ainda não fechou uma conclusão sobre como Hawkins veio a óbito.

A morte do baterista foi anunciada pelo próprio Foo Fighters nas redes sociais, deixando fãs de todo o mundo comovidos. A banda se apresentaria no festival Lollapalooza, em São Paulo, neste domingo (27/3), e também se apresentaria no festival Picnic, em Bogotá, no último sábado (26/3). Todas as apresentações foram canceladas.

4 imagens
Taylor Hawkins, baterista do Foo Fighters, foi encontrado morto em um hotel na Colômbia
A banda estadunidense Foo Fighters
Taylor Hawkins, baterista do Foo Fighters
1 de 4

Banda comunicou falecimento do baterista Taylor Hawkins em postagem no Instagram

Reprodução/Instagram
2 de 4

Taylor Hawkins, baterista do Foo Fighters, foi encontrado morto em um hotel na Colômbia

Twitter/Reprodução
3 de 4

A banda estadunidense Foo Fighters

Reprodução/ Redes Sociais
4 de 4

Taylor Hawkins, baterista do Foo Fighters

Arquivo pessoal

Segundo informações da polícia colombiana, em nota divulgada no sábado, o músico teria sentido “dor no peito” antes de falecer. “A Central de Regulação de Urgências e Emergências da cidade recebeu o relatório sobre um paciente com dor no peito em um hotel ao norte da cidade. Uma ambulância foi enviada para atender o caso. Porém, na chegada das equipes da Secretaria de Saúde, havia um celular para consulta da empresa EMI”, explicaram.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comEntretenimento

Você quer ficar por dentro das notícias de entretenimento mais importantes e receber notificações em tempo real?