*
 

Poucos cantores da música sertaneja atual possuem trabalhos autorais. Na maioria das vezes, os hits mais tocados nas rádios nacionais são assinados por outros compositores. Desconhecido do grande público, mas muito procurado pelos famosos na hora de montar repertório para um novo álbum, o nome de Léo Soares está presente na ficha técnica dos CDs de importantes artistas do mercado fonográfico.

Goiano da cidade de Itumbiara, Léo Soares escreve canções desde os 16 anos e soma mais de 300 composições. “Eu venho de uma família de músicos. Minha tia-avó chegou a ter uma dupla sertaneja, minha mãe dá aula de música para bebês há anos e meu irmão Thiago Soares também escreve e canta”, conta Léo.

Mas, apenas em 2017, aos 21 anos, Léo se tornou um dos queridinhos dos artistas. Um dos motivos foi o sucesso da música Mentalmente, gravada por Naiara Azevedo e MC Kevinho no DVD Contraste, lançado pela representante do feminejo em julho do ano passado. “Quando o Rafael [esposo e empresário da cantora] ouviu a música, quis ela de toda maneira. Ele pediu para eu fazer umas alterações na letra e mandei a eles no mesmo dia”, lembra.

Com mais de 180 milhões de visualizações no YouTube, o goiano ressalta ter recebido negativas e resistência de alguns empresários em relação à letra. “Muitas pessoas recusaram essa música, mas um compositor sabe quando uma letra e uma melodia vão fazer sucesso. Sempre acreditei nesse trabalho.”

Léo também integra um grupo de compositores chamado Pow Pow Hits, formado ainda por seu irmão Thiago Soares, Teo Rodrigues, Vinícius Romero e Kito. “A gente faz trap, funk sertanejo, arrocha… Não ficamos focados em apenas um ritmo e, por isso, recebemos tantas encomendas de artistas.”

Junto dos amigos, o goiano também assina a música Permanecer, conhecida nas vozes de Lucas Lucco e MC G15. Com as belas paisagens de Paris como locação e a participação da bailarina do Faustão Tatiana Scarletti, o videoclipe oficial ultrapassou a marca de 65 milhões de visualizações no YouTube.

“Depois de Permanecer, nós ficamos amigos e tem várias letras nossas que o Lucas vai soltar”, adianta Léo. Uma das novidades já foi corre pelas redes sociais. A faixa a ser gravada da Pow Pow Hits pelo sertanejo é De Boa Na Lagoa. Desta vez, o mineiro convidou MC Kekel e contará com a “mão de ouro” de Yuri Martins na produção.

Thiago Brava, conhecido pela chiclete Dona Maria, também recorreu ao talento de Léo Soares. A música Não Desgrudo Mais alcançou milhões de pessoas nas redes sociais.

Uma das faixas mais populares da dupla Humberto & Ronaldo tem o dedo do jovem. O estilo universitário de Pai da Pinga conquistou os baladeiros caipiras de todo o país. Conhecidos do público brasiliense, Cleber & Cauan e Tribo da Periferia gravaram juntos É Tudo Nosso, mais uma de Léo, em parceria com Edu Moraes.

A composição mais recente, Fui Obrigado a Te Amar, gravada pela dupla Israel & Rodolffo no álbum Acústico (Ao Vivo) teve boa acolhida do público. “Essa foi a única música que não fiz com a intenção de vender. Pensei na minha namorada. Eu tinha feito umas besteiras e mesmo assim ela estava do meu lado”, relembra Léo.


LéoMaisKito
Léo e o parceiro Kito estão prestes a sair dos bastidores do mercado fonográfico. Os dois estão em estúdio gravando #LeoMaisKito – projeto no qual os compositores darão voz às letras autorais. “Apesar do nome lembrar uma dupla sertaneja, essa não será a nossa vibe. É algo que terá a nossa cara. Mas sem a necessidade de rotular”, ressalta Léo, sobre o álbum com previsão de lançamento para o segundo semestre de 2018.

 

 

COMENTE

sertanejoLucas LuccoLéo Morais
comunicar erro à redação

Leia mais: Música