*
 

Fã do cantor sertanejo Thiago Brava, o jovem Thiago Souza, de 27 anos, usou uma música do ídolo para pedir a namorada em casamento ao vivo e a cores. Enquanto o músico cantava o hit Dona Maria, em pocket show no shopping Conjunto Nacional, na tarde deste sábado (3/3), o brasiliense tomou coragem para a surpresa.

Assim como na letra da canção, o modelo e atleta cadeirante convidou a sogra, Salvelina Cesar, de 50 anos, para dar a bênção à união. Mesmo com a aprovação da dona de casa, Thiago não escondeu o nervosismo na hora de fazer o pedido. “Eu pensei em falar várias coisas, até ensaiei. Mas agora só consigo dizer que quero passar o resto dos meus dias com você. Aceita casar comigo?”, perguntou.

Emocionada, a vendedora Aline Cesar, de 23 anos, apenas respondeu que sim e correu para os braços do amado. Os dois estão juntos há apenas três meses. Apesar do pouco tempo de relacionamento, o casal diz estar certo da decisão. “Nós nos conhecemos em Correntina (Bahia), durante um evento, e desde o primeiro dia que a vi, eu quis casar com ela”, ressaltou Thiago.

Ainda com as mãos trêmulas pelo susto, Aline conta que nem suspeitou da armação do (agora) noivo. “Ele me chamou para almoçar, e disse que o Thiago Brava ia fazer um show no shopping. Então quando vi toda a imprensa chegando, pensei que fosse por causa do artista”, afirmou.

Primeiro sucesso
Para o cantor Thiago Brava, essa também é uma experiência nova. “É a primeira vez que alguém usa uma música minha para pedir alguém em casamento. Meu outro hit, chamado Namora Bobo, não era muito favorável”, brincou o sertanejo, que neste sábado (3/3) sobe ao palco da Bamboa Brasil (Setor Hípico Sul), a partir das 22h.

Composta por Brava, Dona Maria foi lançada em outubro do ano passado, em parceria com Jorge, da dupla Jorge & Mateus. Uma das quatro faixas do EP Um Violão e Uma Catuaba, a canção possui mais de sete milhões de visualizações no YouTube, e foi ouvida cerca de 25 milhões de vezes só no Spotify. “Eu fico feliz com o sucesso, mas não me deixo pressionar. Essa canção me veio quando eu estava tranquilo. As outras também virão da mesma maneira”, acredita Brava.