*
 

Se você é fã do funk carioca, provavelmente já ouviu o nome Yuri Martins em um dos trechos de hits tocados Brasil afora. Radicado em São Paulo há quatro anos, o carioca, 23, é um dos produtores musicais mais procurados por funkeiros de todo o país. O nome por trás de singles que estão no Top 50 do Spotify, o jovem foi apelidado de “mão de ouro” e não para de receber convites de vários artistas.

O mais recente pedido veio de Anitta. A cantora chamou Yuri para participar de “Vai Malandra”. O clipe, com mais de 170 milhões de visualizações, conta ainda com Mc Zaac, Maejor e Tropkillaz. O produtor musical também mixou faixas como “Permanecer”, de Lucas Lucco e MC G15; “Vai Embrazando”, de MC Zaac  e Vigary; “Agora Vai Sentar”, dos MC’s Jhowzinho e Kadinho; e “Tá Tranquilo, Tá Favorável”, de MC Bin Laden.

A relação mais antiga e produtiva é com MC Don Ruan. A parceria resultou em proibidões que caíram no gosto popular. Entre elas, “Peguei Larguei”, “Se Eu Tiver Solteiro”, “Na Intenção”, “A Gente Brigou”, “Da Uma Segurada”, “Não Vou Te Dar Atenção”, e a mais conhecida – principalmente depois de integrar a trilha sonora da novela A Força do Querer –, “Oh, Novinha. Eu Quero Te Ver Contente”.

 

O envolvimento com o funk começou em 2004, quando o DJ conheceu o BPM Studio Pro, programa utilizado pelos produtores cariocas da época. Estudou e entrou para o mercado do proibidão ao produzir a música “360“, dos MCs BW. Foram 10 anos produzindo MCs cariocas, até que em 2014 resolveu arriscar no emergente mercado paulista. Atualmente, o DJ integra a equipe da produtora Start Music.

 

 

COMENTE

funkanittaLucas LuccoMC Bin LadenYuri Martinsvai malandraembrazandoMC Dom Ruan
comunicar erro à redação

Leia mais: Música