Toni Morrison: conheça obras de 8 importantes escritoras não-brancas

Morte da vencedora do Nobel de literatura deixa lacuna na literatura universal

atualizado 06/08/2019 20:57

Toni Morrison, a primeira e única escritora negra a ganhar um prêmio Nobel de literatura, faleceu na terça-feira (06/08/2019), aos 88 anos de idade. Seu legado, no entanto, se estende além dos livros publicados. Ela publicou 11 livros, incluindo Amada, ganhador do Pulitzer de ficção do ano de 1988.

Anos atrás, pós a publicação de Amada, mais de 20 escritoras negras, incluindo Maya Angelou e Alice Walker, enviaram uma carta ao New York Times protestando pelo fato de que Morrison ainda não havia ganhado os prêmios Pulitzer ou National Book Award. De acordo com elas, a escrita da colega havia “avançado os padrões morais e artísticos pelos quais (a sociedade) media a audacidade e o amor pela imaginação nacional e inteligência coletiva”.

Essas, no entanto, não foram as únicas escritoras não-brancas a serem influenciadas pelo trabalho de Morrison. Tayari Jones, autora de Um Casamento Americano, explicou a influência de Morrison em sua vida em uma entrevista ao The Guardian, em 2019.

“Posso dividir minha vida (em duas partes): antes e depois de Amada, de Toni Morrison”, explica. “Tinha cerca de 19 anos quando o li. Odiava usar uma palavra tão fria para uma experiência que foi tão espiritual, emocional e intelectual, mas Amada me fez sentir contextualizada. Esta é a única forma que consigo explicar”.

Últimas notícias