A dieta ficou cara? Veja dicas para baratear o plano de emagrecimento

Optar por alimentos sazonais, comprar em feiras e aproveitar as ofertas dos mercados são algumas sugestões

atualizado 05/09/2021 6:58

Michael Melo/Metrópoles

Muita gente diz que para fazer dieta é preciso preparar o bolso. Nem sempre essa máxima é verdadeira. É certo que muitos planos alimentares estão recheados de suplementos e alimentos difíceis de encontrar e que, por isso, saem mais caros. No entanto, é possível usar algumas estratégias para que a conta do regime fique mais barata.

A nutricionista Izabela Zago, que atende na clínica Go Nutri, recomenda diminuir o consumo de produtos industrializados – mesmo os que tenham diet e light no rótulo – e apostar na chamada “comida de verdade”. “Alimentos que encontramos em feiras e em promoções nos mercados, além de serem mais saudáveis, são mais baratos”, explica.

Outra saída são as substituições. Ela sugere, por exemplo, diminuir o consumo de carne e frango e aumentar o de sardinha e ovos. Também recomenda que as pessoas busquem informações sobre quais são as frutas e verduras sazonais pois os preços costumam estar melhores durante a safra.

“Estamos na época de colheita do morango, que é uma ótima opção de fruta para dietas. Podemos inserir também a acerola e a pitanga e, em breve, entraremos na época das jabuticabas. Outra adaptação é usar o baru (castanha encontrada no cerrado) no lugar de oleaginosas mais caras, como as nozes e as amêndoas”, afirma.

Evitar o desperdício é outro conselho importante. A nutricionista afirma que o planejamento das compras e das refeições garante economia. “A gente gasta muito quando sai sem a lista do que precisamos de fato comprar”, afirma. Cozinhar os alimentos para uma semana inteira, o que pode ser feito com arroz, feijão, sopas e verduras, ajuda a gastar menos.

Em relação à suplementação, a nutricionista Beatriz Fausto, da Clínica Corporeum, sugere saídas mais econômicas como aumentar, por exemplo, o consumo de ovos cozidos ou fazer vitaminas de frutas que tenham a banana como base. “O whey protein nada mais é do que a proteína do ovo, por isso pode ser substituído aumentando o consumo de carnes ou até mesmo de ovo cozido. Quanto à banana é versátil e dá consistência às receitas”, afirma.

Veja na galeria algumas dicas das nutricionistas:

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

Mais lidas
Últimas notícias