*
 

– Um viaduto no Eixo Sul desabou nesta terça-feira (6/2), na altura da Galeria dos Estados. Dezenas de carros tiveram de retornar no meio da via, que acabou interditada. Duas faixas do asfalto cederam;

– Ainda não se sabe se há vítimas. Bombeiros trabalham com o auxílio de cães farejadores para averiguar se há pessoas sob os escombros;

– O Governo do Distrito Federal (GDF) acionou o Plano de Catástrofe para atuar no desabamento no Eixão Sul: foram enviadas quatro unidades de socorro do Corpo de Bombeiros ao local, duas de suporte, duas motolâncias e um caminhão para atender múltiplas vítimas. Os hospitais de Base (IHBDF) e o da Asa Norte (Hran) também foram acionados para receber eventuais feridos;

– Um estudo de 2011 apontava que o Viaduto da Galeria dos Estados corria risco de cair;

– O governador Rodrigo Rollemberg (PSB) esteve no local do desabamento do viaduto, no Eixão Sul, nesta terça-feira (6), e foi vaiado pela população. Ele admitiu que a estrutura precisava de manutenção;

– A presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Distrito Federal (Crea-DF), Fátima Có, diz que existe o risco de desabamento em outros prédios da capital do país, a exemplo do ocorrido no Bloco C da 210 Norte e no Viaduto da Galeria dos Estados.

 

 

COMENTE

desabamentoviadutodesabamento eixão sul
comunicar erro à redação

Leia mais: Distrito