Os bastidores da cobertura policial de um jeito que você nunca viu

Homem é preso após “ficar doidão” e dar tiro em casa de prostituição

O suspeito estava com uma pistola calibre 380 e uma porção de cocaína. Além disso, uma garota de 15 anos estava no local

atualizado 11/01/2022 10:42

Arma de fogoMax Kleinen/Unsplash

Um homem foi detido por uso e porte de drogas em uma casa de prostituição no Setor Primavera, em Taguatinga, às 2h desse domingo (9/1). Ele estava armado e deu um tiro para o alto após ingerir bebida alcoólica e usar cocaína.

Policiais militares receberam a denúncia de uma briga entre vizinhos, na QSC 19, e se deslocaram até o o local. Lá, um homem se identificou e informou estar armado. Com ele, os policias encontraram uma pistola calibre 380, com 14 projéteis intactos, e uma porção de cocaína.

O suspeito disse que estava em um prostíbulo consumindo bebidas alcoólicas e drogas. Ele acrescentou que houve uma discussão na hora de pagar a conta, no valor de R$ 800. Diante do desacordo comercial, sacou a pistola e deu um tiro para o alto.

A PM foi ao estabelecimento e encontrou quatro mulheres. A dona do local relatou que o suspeito havia passado o dia todo bebendo e usando drogas, ficando “doidão”.

Levado à delegacia, o homem acabou autuado por uso e porte de drogas e exercício arbitrário das próprias razões e, posteriormente, liberado. A arma ficou apreendida.

Exploração

Durante a abordagem na casa de prostituição, uma das mulheres localizadas pela PM não portava documento de identificação e aparentava ser menor de 18 anos.

Quando questionada, afirmou ter 18 anos. A jovem foi apresentada na 12ª Delegacia de Polícia (Taguatinga), onde se constatou que tinha apenas 15 anos.

Logo em seguida, a adolescente foi apresentada na Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA II). No local, revelou que era seu primeiro dia de trabalho. Ela recebeu orientações dos agentes e foi liberada. Os pais da jovem não foram localizados.

 

Mais lidas
Últimas notícias