*
 

Um homem de 42 anos foi preso, por volta das 23h30 desse domingo (2/12), na Asa Norte, acusado de agredir a esposa na frente dos filhos, de 10 anos e 3 meses. Quando os policiais militares chegaram ao local, a criança mais velha estava muito nervosa e chorando. A vítima, de 42 anos, tinha marcas no rosto e no braço. O suspeito foi encaminhado para a 5ª Delegacia de Polícia (Área Central).

A PM atendeu, entre sábado (1º/12) e segunda-feira (3), 195 casos de violência doméstica no Distrito Federal. Um dos casos ocorreu no Riacho Fundo I. A esposa, de 41 anos, pegou o marido em flagrante com uma mulher de 25 e teria agredido a rival.

A agressora disse que está em processo de separação com o homem de 35, porém, o marido teria dito, no sábado (1º), que queria uma reconciliação. Ela foi até a casa dele no domingo (2) e, ao se deparar com a jovem, partiu para cima dela. Na tentativa de separar a briga, o homem acabou ferido no olho. A ocorrência foi registrada na delegacia.

No Itapoã, um homem de 40 anos, e em Ceilândia, um outro de 34, foram presos depois de invadir a casa das ex-mulheres e quebrar móveis. O primeiro chegou a ameaçar a ex-parceira de morte e bater na filha da vítima, uma adolescente de 16 anos. O segundo ameaçou a ex-companheira e a irmã dela. Os dois foram autuados em flagrante e encaminhados para a delegacia.

Outros dois casos ocorreram no Recanto das Emas. Por volta das 21h40 desse domingo (2), um homem foi preso acusado de agredir a companheira e a filha dela. Quando os militares chegaram ao local, as vítimas estavam feridas. Já na madrugada desta segunda-feira (3), um homem de 33 anos foi preso após bater na ex-mulher e ameaçá-la por telefone. Ambos foram levados para a delegacia.

Após ameaçar, xingar e agredir a companheira, um homem foi preso às 3h desta segunda (3), no Gama. Ele foi levado para a 20ª Delegacia de Polícia, localizada na região, e autuado em flagrante.